on 21 de junho de 2012

Os Spinning chegam amanhã a Vizela oriundos de Vila Real para a 3ª Eliminatória do Concurso de Bandas de Garagem de Vizela 2012. A banda que teve o especial privilegio de partilhar o palco com o rei, o lendário, o génio BB King em 2010 em Sabrosa, apresentam-se em Vizela já com um vasto curriculum na sua carreira:

Marcos mais significativos da banda:

2012 - Lançamento do 1º Video Clip - Melodramatic
2012 - 1º lugar no Concurso de Música Pop-Rock (Grândola)
2012 - Finalistas do XVII Festival de Música Moderna de Corroios
2012 - Semana Académica da UTAD (Vila Real)
2012 - Prémio Grupo-BB para melhor banda/grupo musical de Vila Real
2010 - Encerramento do concerto de B.B. King em Portugal (convite da Câmara Municipal de Sabrosa)
2010 - Encerramento do Rock Nordeste (convite da Câmara Municipal de Vila Real)
2007 - 1º lugar no Music'Arte (Póvoa do Lanhoso)
2007 - 2º lugar no Concurso de Música Pop-Rock (Grândola)
2007 - Finalistas do Rockastrus (Esposende)

O encerramento do concerto do "rei do Blues" B.B.King em Portugal (Sabrosa) continuará a ser o marco mais importante da caminhada.
... 
Os primórdios dos Vila Realenses Spinning remontam a 2004, fase embrionária que nos mostrava uma faceta baladesca dos então denominados Spinning Shalk. O 2º lugar alcançado no Rock Nordeste de 2004, a primeira actuação, seria tónico fundamental para outros vôos. Seguiu-se a gravação do EP "The Lost" (2004) e de imediato uma mini Tour por Fnac's do Grande Porto, presença na Semana do Caloiro da UTAD (Vila Real) e a primeira parte do concerto de Xutos & Pontapés em Freixo de Espada à Cinta no ano seguinte. 
.. 
Já com Pedro Costa Paulo assumindo a liderança na voz atingem uma fase de importante reconhecimento com o 1º lugar no Music'Arte 2007 (Póvoa do Lanhoso), o 2º lugar no Festival Pop Rock de Grândola 2007 e a presença na Final do Rockastru's 2007. 
.. 
Depois de alguns anos de amadurecimento, em composição e palco, 2010 foi um ano de afirmação e reconhecimento a outro nível. A par do convite da Câmara Municipal de Sabrosa para encerrar o concerto de B.B. King surge também o convite da Câmara Municipal de Vila Real para encerrar a edição do Rock Nordeste desse ano. Luis Jardim também gostou do que ouviu e fez questão de o deixar claro no Dolce Vita BandCasting desse verão.

Confira a entrevista à banda:



1º - Quem são os Spinning e Como surgiu a ideia de criar uma banda?
Os Spinning têm os seus primórdios em 2004, da junção de elementos de várias bandas de Vila Real. Na altura com o nome de Spinning Shalk.

2º - O nome Spinning como foi escolhido? Tem algum significado?
O nome original - Spinning Shalk (qq coisa como giz rodopiante) adveio de uma situação caricata.
Toda a banda tem um início onde tem que escolher um nome. Sendo assim foi proposto que os elementos da banda apresentassem ideias para o tão desejado nome. Alguns levaram uma lista com mais de vinte e um nomes, mas houve um deles que apenas disse um nome (sem significado aparente) e foi aceite logo no momento.

3º - Pela internet pode-se encontrar vídeos onde se percebe que se situam num estilo Rock Alternativo. Como definem o vosso estilo musical e a vossa mensagem?
O nosso estilo musical é difícil de definir, porque encontramos traços da cena mais Glamour, Emo do Rock British como também formas mais agressivas do Rock americano. Essencialmente fazemos aquilo que gostamos.
A banda passou por várias fases de evolução, onde se notava uma procura de definição da "alma própria". Actualmente, e de há pelo menos uns 2/3 anos para cá, a banda tem uma linha condutora natural ao criar algo que nós acreditamos ser genuíno.

4º - Quando começou a banda? Existe algum dia de aniversário da banda?
07/07/2004 dia do primeiro concerto da banda no Rock Nordeste (ficamos em 2º lugar no concurso).

5º - qual é a finalidade da banda? Têm algum objectivo futuro?
O objectivo da banda é chegar o mais longe possível. Sentimos que se nos for permitido temos devoção pelo palco, qualidade e capacidade para crescer neste mundo exigente diverso e adverso da música.


6º - Quais as influências musicais da banda ?  E portuguesas?
Placebo, Radiohead, Sigur Rós, Muse, Linkin Park, Incubus, Pink Floyd, Porcupine Tree, Biffy Clyro, Metallica, The Cure, Faith No More, entre outros.
Nacionais: Ornatos Violeta, Heróis do Mar, Mundo Cão e Mão Morta.

7º - A banda já pisou palcos com alguma dimensão, qual o que mais marcou? Ou que mais marcaram? 
Sim. A banda já tocou várias vezes na Semana Académica de Vila Real por exemplo. Mas o concerto que será sempre muito marcante será o encerramento do concerto de BB King em Sabrosa (em 2010) onde estavam cerca de 20.000 pessoas a assistir ao espectáculo. São momentos vibrantes e rejubilantes para qualquer banda.

8º - A banda já possui EP´s ou albuns? para quando um novo lançamento?
A banda possui 2 EP's. Um de 2004 como Spinning Shalk e um de 2011 como Spinning mas nenhum deles espelha aquilo que a banda é actualmente.

9º - A banda está em competição em outros concursos?
Sim. Começamos o ano em Março em Grândola onde alcançamos o primeiro lugar. Entre outros concursos alcançamos a final do Corroios e mais recentemente as semi-finais do Rockastru's. No final de Julho participaremos mais uma vez no Rock Nordeste (Vila Real).

10º - Quais as expectativas para o Concurso de Bandas de Garagem de Vizela?
Dar um bom espectáculo. Essencialmente esta é mais uma oportunidade de nos mostrarmos num sítio onde ainda não tocamos. 

11º - Como avaliam as restantes bandas em concurso?
Conhecemos poucas. É sempre difícil avaliar a qualidade de um artista, pois cada um tem as suas tendências musicais. Já dificil de avaliar para um crítico/juri imaginem para uma banda.

12º - Gostariam de enviar uma mensagem para os futuros leitores? Qual?
Sim. Obrigado pelo vosso tempo, espero que tenham gostado. E não se esqueçam: nunca desistam. E mesmo que não consigam uma estrela com o vosso nome no pátio da fama, pelo menos fazem aquilo que mais gostam.


Elementos da banda:
Pedro Costa Paulo - voz e guitarra
Filipe Magalhães Ferreira - piano, teclados e pads
Pedro Espírito Santo - bateria
José Rainho - baixo