on 20 de setembro de 2013

A equipa sénior da secção de ténis de mesa da Casa do Povo de Vizela não foi capaz de repetir o resultado da semana passada e permitiu a recuperação do Bairro da Misericórdia em solo vizelense. Curiosamente o resultado repetiu-se, 2-3 para os visitantes nesta eliminatória da Taça de Portugal.
Ao Plano Claro, o treinador vizelense José Batista referiu que apesar da derrota a equipa ainda tem hipóteses de passar a eliminatória. Frente a uma equipa com mais de 10 anos de experiência, o técnico está optimista pela sua equipa que compete pela primeira vez na Taça de Portugal e que atravessa o seu 2º ano de competição. "Acho que estamos a fazer uma boa prestação na nossa modalidade, a demonstrar qualidade, capacidade e agora temos também três reforços na equipa muito bons que nos vai engrandecer as nossas prestações" referiu.
Relativamente ao jogo, José Batista disse que "houve um lapso", "lá fomos ganhar 3-2 e cá perdemos 3-2, agora teremos de disputar outro jogo em campo neutro e em principio será quarta-feira mas ainda terá de ser confirmado oficialmente".
A equipa vizelense (João Lourenço, Fernando Briote e Carlos Mota) até entraram da melhor forma no encontro, o Bairro (João Sobral, Luís Sobral e Rui Silva) deu a volta ao marcador, os vizelenses empataram o encontro 2-2 e no último encontro, o Bairro levou a melhor e obriga a um terceiro encontro para desempatar a eliminatória.