on 24 de setembro de 2013


Dia Europeu sem Carros

Na tarde do dia Europeu sem Carros, Domingo dia 21, membros do Bloco de Esquerda de Guimarães, incluindo o candidato a presidente da câmara, José Fonseca, pedalaram pelas ruas de Guimarães passando pelo parque da Cidade. 
A ação pretendeu sensibilizar a população para as alternativas ao uso do automóvel. As redes viárias são necessárias no concelho e não nos oporemos a novas vias que melhorarem o transito desde que não prejudiquem a sanidade financeira do município nem retirem recursos financeiros à ação social, à educação, à cultura. No entanto não podemos descorar as alternativas ao carro. Temos sim que salvaguardar os direitos de quem preferem não utilizar a viatura. 
Nos variadíssimos polos urbanos dispersos pelo concelho é frequente não encontrarmos passeios. É necessário e urgente proteger os peões em Pevidém, nas Taipas, em Campelos, entre outros. A ausência de passeios torna os trajetos dos peões mais difíceis. Propomos a construção de passeios nas vilas e pólos habitacionais do concelho com muito tráfego. 
Numa ação feito em cima de bicicletas foi clara a ausência de ciclovias no percurso efectuado no centro de Guimarães. Nas artérias espaçosas da cidade não há vias reservadas a bicicletas. Esta constatação não é nova, no entanto reforçamos a necessidade de delinear zonas reservadas para bicicletas e propomos a construção de uma ciclovia para as Taipas e outra para Pevidém.   
Para além da ação social o Bloco de Esquerda de Guimarães irá priorizar as questões da mobilidade. Propomos que os transportes públicos sejam alargados a todo o concelho e o preço dos transportes seja reduzido. A concessão dos UG – Transportes Urbanos de Guimarães tem de ser renegociada. Defendemos ainda uma ligação rápida à vila das Taipas como forma de reduzir o fluxo de transito na N101. 
O uso do carro deve ser uma opção e não a única solução. Defenderemos na câmara municipal e na assembleia municipal a criação de alternativas ao automóvel. 

---
BE Guimarães