on 21 de setembro de 2013


Duplo hat-trick estabelece recorde (9-0) na Taça

Os nove golos da vitória desta tarde frente ao Merelinense passam - depois dos 7-1 ao Lousada em 2011/12 - a constituir novo recorde para o Moreirense na Taça de Portugal, prova em que se apurou para a terceira eliminatória de forma tranquila.

O penalty e expulsão aos 18 minutos precipitaram um desfecho desnivelado, com as fragilidades do adversário ainda mais expostas à voracidade de um Moreirense imparável. Nem a onda de calor refreou o ímpeto que levaria o resultado com cinco golos sem resposta para o intervalo. Vítor Oliveira sublinhou a necessidade de respeitar o público e de manter a mesma seriedade, o que ditaria um resultado que podia ter atingido os dois dígitos, não fosse o azar de Tarcísio e Mendy. De qualquer forma, fica o resultado e a exibição muito positivos na Taça de Portugal. Destaque para as estreias de Marafona e Florent e para a veia de Pires e Edgar Costa (ambos com hat-trick) e Tiago Borges (a bisar), tendo Luís Aurélio fechado as contas.

MOREIRENSE, 9 - MERELINENSE, 0

Parque Desportivo Comendador Joaquim de Almeida Freitas, em Moreira de Cónegos

Árbitro: Ricardo Moreira, Vila Real

MOREIRENSE FC - Marafona; André Simões, Sandro (Tarcísio, int.), Stéphane Madeira e Florent; Luís Aurélio, Idris e Diogo Cunha (Wagner, 56); Tiago Borges, Pires (Mendy, int.) e Edgar Costa
Suplentes: Ricardo Silva, Anilton, Márcio Madeira e Miguelito
Treinador: Vítor Oliveira

MERELINENSE FC - Hugo Vicente; Tiago, Mara, Hugo e Rui; Café, Rafa e João Araújo; Best (João Paulo, 37), Ruca (Abiodun, 64) e Luís Filipe (Pedro, int.)
Suplentes: Bruno Fernandes, Rogério, Belinha e Nei
Treinador: Hugo Santos 

Ao intervalo: 5-0
Golos: 1-0, por Pires (18, g.p.), 2-0, por Pires (28), 3-0, por Edgar Costa (29), 4-0, por Tiago Borges (30), 5-0, por Pires (44), 6-0, por Tiago Borges (54), 7-0, por Edgar Costa (60), 8-0, por Edgar Costa (62) e 9-0, por Luís Aurélio (90)
Disciplina: cartão amarelo a Sandro (10), Stéphane Madeira (37), Idris (63); Ruca (33). Cartão vermelho a Rafa (18)