on 30 de setembro de 2013

O Moreirense venceu esta tarde o Benfica b no fecho da 8ª jornada da Liga2. Com esta vitória o Moreirense volta a colocar-se no topo da classificação com os mesmos 17 pontos que o Porto b. Neste encontro em Lisboa, o Moreirense colocou-se à frente do marcado cedo por intermédio de Ricardo Nascimento aos 5´. No segundo tempo, o Benfica b empatou por Bernando Silva aos 51´ mas os cónegos voltaram para a frente do marcador pouco depois. Aos 78´ na cobrança de um "canto curto", o esferico acabou por ser introduzido na própria baliza por Ivan Cavaleiro.
O Moreirense fez dois golos de bola parada.



Ricardo Nascimento - Moreirense
"A nossa equipa conseguiu o objetivo contra uma equipa muita difícil. As bola paradas decidem muitos jogos e hoje fomos felizes."

Bernardo Silva - Benfica B
"Temos de melhorar as bolas paradas, fizemos faltas desnecessárias mas foi um bom jogo. Não estamos contentes e um empate ajustava-se mais. O nosso objetivo é preparar os jovens jogadores para a equipa A, embora as vitórias são importantes."

Vítor Oliveira - Moreirense
"Temos uma equipa experiente e isso fez a diferença. os jovens jogadores do Benfica fizeram-nos muitas dificuldades. Na segunda parte o benfica galvanizou-se mas o nosso 2º golo acaba por justificar a vitória. O nosso trabalho está a consolidar-se, a melhor processos, mas o factor experiência foi muito útil hoje".

Hélder Cristóvão - Benfica B
"A experiência fez a diferença na 1ª parte mas na segunda parte tivemos melhor frente à melhor equipa da 2ª liga. Merecíamos mais e estamos tristes por isso".



BENFICA B, 1 - MOREIRENSE, 2

Caixa Futebol Campus, Seixal
Árbitro: Nuno Almeida

SL BENFICA B - Bruno Varela, Fábio Cardoso, Mitrovic, Hélder Costa, João Cancelo, Bernardo Silva, Ruben Pinto (U. Matic, 69), G. Rodriguez (Harramiz, 62), Lindelof, Ivan Cavaleiro e Lolo (F. Markovic, 76)
Suplentes: Miguel Santos, J. Rojas, Rudinilson, Nelson Semedo
Treinador: Hélder Cristóvão

MOREIRENSE FC - Carlos, André Simões, Sandro, Ricardo Nascimento, Elízio, Filipe Melo, Luis Aurélio, Diogo Cunha (Tarcísio, 59), Tiago Borges (Wagner, 59) Pires (Mendy, 70) e Edgar Costa
Suplentes: Ricardo Silva, Anilton, André Carvalhas e Idris
Treinador: Vítor Oliveira

Ao intervalo: 0-1
Golos: 0-1, por Ricardo Nascimento (5), 1-1, por Bernardo Silva (52), 1-2, por Ivan Cavaleiro (78 p.b)
Disciplina: Amarelo a Lolo (45+1); Filipe Melo (18), João Cancelo (86) e Fábio Cardoso (90+4)