on 26 de setembro de 2013

A edição nº1476 do semanário vizelense "Notícias de Vizela" informa que "é chegado o tempo de parar" a publicação do mais antigo jornal de Vizela. Nesta edição, já nas bancas, o órgão de comunicação social chama a capa este trágico fim e no seu interior as duas caras que têm alimentado o jornal dão o seu comentário sobre esta medida tomada.

Editorial: Susana Ribeiro (diretora)

"Uma caminhada inesquecível

Ao fim de oito anos de entrega e dedicação incondicional a este projecto editorial, ao nosso "Notícias de Vizela", é chegado o tempo de parar. E nesta altura é tempo de fazer um balanço do que foi feito: sem falsas modéstias, até porque nunca as tivemos, desenvolvemos um óptimo trabalho, elevamos, sem dúvida, a qualidade do jornalismo em Vizela e na região.
Foi uma grande e inesquecível caminhada. Primamos pela igualdade de tratamento a todas as associações, independentemente do seu âmbito - social, desportivo, cultural... -, da sua idade e dos seus dirigentes. Fomos também pioneiros na cobertura abrangente das modalidades desportivas, com especial carinho pela formação. Semana após semana, fomos acompanhando o crescimento dos miúdos... e alguns já são uns homenzinhos!
Nesta cruzada, contamos, sobretudo, com o inestimável apoio de colaboradores. E é a eles a quem primeiro me dirijo. Na impossibilidade de, pessoalmente, agradecer a cada um de vós, publicamente manifesto-vos o meu reconhecimento e agradecimento pelas notícias e opiniões que enriqueceram, sem dúvida, este jornal. Foram sempre inexcedíveis! A todos, de coração, o meu muito obrigada! E espero continuar a ter, em cada um de vós, um amigo.
Em segundo lugar, quero agradecer a confiança e o carinho dos assinantes. Para mim, muitos dos assinantes não são meros nomes; são rostos, pessoas com quem tenho o privilégio de conviver e, em vários casos, criei laços de amizade. Alguns, entretanto, faleceram, alguns partiram mesmo cedo de mais, mas continuam vivos e presentes no meu pensamento e no meu coração.
Além dos assinantes, foram os anunciantes que viabilizaram o "Notícias de Vizela" nestes oito anos; por isso, também a eles, e a cada um em particular, o meu sentido obrigada pelo apoio.
E para que houvesse assinantes e anunciantes, houve uma pessoa que foi fundamental: Sérgio Vinagre, editor desta publicação. Foi graças à sua perseverança e optimismo que este projeto editorial foi tendo pernas para andar, ainda que sempre com muitas, muitas, dificuldades.
Cumpridos oito anos, fiz muitos amigos e, também, alguns inimigos, mas isso nunca me impediu de agir sempre profissionalmente, porque sempre soube separar (muito bem!) a vida pessoal da profissional. Aos amigos, obrigada pela amizade; aos inimigos, desejo-lhes o dobro do que me desejarem".