on 24 de outubro de 2013


Exposição “Mulher sem título” de Milita Doré patente até 29 de novembro

A artista Milita Doré inaugurou, ontem, a sua exposição “Mulher sem título”, no átrio do edifício-sede da Autarquia.
A exposição resulta de um parceria entre a Câmara Municipal de Vizela e a AHME – Associação Humanitária de Mulheres Empreendedoras e estará patente até 29 de novembro.
À cerimónia de inauguração seguiu-se um seminário de apresentação à obra da artista, ministrado por Vera Fonseca, colaboradora da AHME.
Teve ainda lugar um workshop prático com Milita Doré, na Fundação Jorge Antunes.
A igualdade de género e a violência doméstica têm inspirado o trabalho da artista Milita Doré nestes últimos anos, tanto através da pintura, do desenho e da fotografia, como também através da instalação e da utilização do som.
Na exposição estão representadas diversas formas do seu trabalho, as quais, além do aspeto artístico, evidenciam uma mensagem de independência e de respeito de cada ser em relação ao outro, não obstante a importância do aspeto íntimo e dos sentimentos de cada um.
Continua, assim, o debate sobre a independência da mulher através do cumprimento das leis, tanto a nível social como a nível familiar, mas sobretudo através da sensibilização para um relacionamento de respeito entre as pessoas e um melhor entendimento entre elas.
Esta iniciativa integra-se no Projeto “Equal Rights & Equal Duties”, co-financiado pelo FSE e pelo Estado Português.