on 26 de novembro de 2013


Dia Internacional da Filosofia

No dia 21 de novembro, no auditório da Escola Básica e Secundária de Infias, mais uma vez, comemorou-se a efeméride “Dia Internacional da Filosofia” criado pela UNESCO em 2002. 
Esta atividade foi dinamizada pela professora de Filosofia, Lurdes Pacheco, e teve a colaboração do professor João Pedro, responsável pelo projeto “Parlamento dos Jovens 2014”, da professora Helena Salazar, docente da disciplina de Português da 11º A, da Professora Emília Monteiro, responsável pela Biblioteca escolar e dos alunos das turmas 10º A, 11º A, 11ºB, 12º C,  e alguns alunos do 12ºB. 
Este evento teve como objetivos comemorar o dia internacional da filosofia, divulgar a vida e obra de filósofos ao longo da história, motivar e incentivar o gosto pela aprendizagem de forma lúdica, mostrar à comunidade escolar alguns trabalhos desenvolvidos pelos alunos e promover o sucesso educativo.
Da parte da manhã, na biblioteca, pelas 9:30horas teve lugar uma peça de teatro de fantoches, “Bem...bem...bem..., Mal...mal...mal...”, encenada pelos alunos do 12º C, Rita , Sandro e Leandra e os alunos do 12º B, Miguel e Flávio e dirigida aos alunos do 2º ciclo do ensino básico; no auditório, pelas 10:30horas, decorreu um debate sobre o tema “Crise demográfica: emigração, natalidade e envelhecimento”, sendo os oradores alunas do 11º A, Joana Batista e Marta Magalhães e do 11º B, Cláudia Ferreira e Tânia Ferreira e a Sara Guimarães, sendo a moderadora do debate sendo este, dirigido aos alunos dos cursos secundário e profissional. Na biblioteca, durante todo o dia houve uma exposição de trabalhos realizados pelos alunos do 10ºA – História da Filosofia – e dos alunos do 11º C – Galeria de Retratos de Filósofos – e um “Mural de Pensamentos”, construído pelos alunos do ensino básico e secundário. 
Assim, este dia foi, como a Unesco recomenda, um dia para debater ideias e para reafirmar o verdadeiro valor da filosofia. No entanto, espero que a filosofia não fique circunscrita apenas a um dia, mas que seja uma presença constante na vida humana.

A Professora: Maria de Lurdes Pacheco