on 27 de novembro de 2013


Ready, Steady, Change- Projecto de participação democrática.

O Projecto de participação democrática juvenil , READY, STEADY, CHANGE, organizando pela Associação Juvenil Vizela Imaginactiva, Fundação Jorge Antunes em parceria com o Município de Avilés em Espanha entra agora na segunda fase de actividade.
Recorde-se que este projecto começou em Maio e tem como objectivo capacitar um grupo de jovens de Vizela e Espanha para as formas de participação democrática nas suas localidades, desenvolvendo competências ao nível pessoal, social, e no campo da cidadania activa.
Este projecto pretende ser uma experiência de  participação juvenil onde os jovens utilizam o método da mediação política como ferramenta para desenvolver as formas de participação democráticas da comunidade juvenil.

A Fase” Ready” caracterizou-se pela capacitação dos jovens no sentido de desenvolver a sua consciência participativa, e traduziu-se na organização de algumas iniciativas como debates de rádio, exposições de fotografia, concertos, inquéritos, no sentido de aproximar os jovens da temática da participação. O resultado dos inquéritos foi comunicado ao poder executivo através do Concelho Municipal de Juventude. No passado sábado dia 23 de Novembro, os jovens tiveram um encontro com a Vereadora da Juventude onde de forma criativa se debateu o tema da negociação política.

A fase “Steady” começa na quarta-feira, dia 27, com uma viagem de 8 jovens durante de 5 dias a Avilés, para um encontro com o grupo espanhol de forma a analisar o percurso percorrido até aqui e em conjunto desenharem um plano de acção e negociação política com o objectivo de melhorarem as estruturas de participação juvenil no concelho, em função das fragilidades encontradas ao longo de todo o projecto.

A fase ”Change" será depois da viagem com a implementação prática de todas as medidas e formas de acção que o grupo desenvolver neste encontro em Espanha.

Este projecto é financiado pelo programa Europeu Juventude em Acção e tem como base de trabalho metodologias de educação não formal, onde se tenta desenvolver competências chave para que os jovens possam crescer como pessoas, cidadão e como uma mais-valia para a sua comunidade.