on 17 de dezembro de 2013

Nota de Imprensa:

Bloco de Esquerda de Vizela repudia a decisão da Câmara Municipal, de aumentar a taxa do lixo em mais 25% agravando assim ainda mais as já muitas dificuldades que os vizelenses enfrentam no dia-a-dia, por causa da política de austeridade que o governo PASSOS/PORTAS estão a aplicar no nosso País.
A Câmara municipal já aprovou um orçamento, onde mantém as taxas e impostas municipais, IMI IRS e DERRAMA, no valor mais alto que a lei permite, não preocupada com os sacrifícios porque passam os vizelenses, em vez de tomar medidas que possam aliviar um pouco a sua já difícil situação, faz como o PSD/CDS agrava ainda mais essas dificuldades.
Enquanto toma decisões que agrava as condições de vida de milhares de Vizelenses, o executivo PS cria empregos para familiares e amigos, onde irão ser gastos milhares de euros por ano.
Não cumprindo aquilo que prometeu nas últimas eleições, o presidente da Câmara acaba de anunciar a “contratação” do vereador do PSD Miguel Lopes, para assim ter mais força na aplicação da sua política antissocial, o que mostra que entre PS e PSD a política conta pouco.
O Bloco de esquerda condena esta forma de fazer política, pois não podemos esquecer que ainda há dois meses prometiam resolver os problemas da população e agora no “poleiro” entendem-se todos para melhor prejudicar o povo.
O BE apela a todos os vizelenses que condenem e combatam esta forma de fazer política, cujos protagonistas só se preocupam consigo mesmo e desprezam aqueles que neles confiaram.

Pela Coordenadora Concelhia do Bloco de Esquerda de Vizela;
Marco Almeida