on 4 de dezembro de 2013

“Ready, Steady, Change”
Encontro simbiótico Aviles-Vizela

Terminou de forma muito positiva o “ Encontro Simbiótico” realizado em Avilés,  cidade Espanhola no norte de Espanha, onde um grupo de 8 jovens de Vizela se deslocou  durante 5 dias para se encontrar com um grupo de jovens  espanhol. Este encontro decorreu entre os dias 27 de Novembro e 1 de Dezembro, no âmbito do projecto “Ready, Steady, Change”. Este projeto é uma atividade de democracia participativa juvenil que se realiza desde o mês de Maio e seguirá até Fevereiro de 2014. É resultado de uma parceria entre a associação juvenil Vizela Imaginactiva, a Fundação Jorge Antunes, o Município de Avilês e uma associação dessa localidade. É cofinanciado pelo Programa Europeu Juventude em Acão e o Município de Avilês.
Os dois grupos de jovens desenvolveram nas suas respetivas comunidade várias ações de mediação participativa com vista a aproximar o poder político da população juvenil, perspetivando que as duas realidades tenham um maior sentido de colaboração.
Durante os cincos dias, os jovens fizeram uma análise do processo de mediação e das formas de participação democrática locais. Refletiram sobre os vários aspetos positivos e negativos que foram encontrando pelo caminho. Desta reflexão conjunta, o grupo extraiu algumas conclusões que se pretende que sirvam como um guia de boas práticas para as várias instituições e associações que queiram desenvolver projetos de participação democrática onde os jovens tenham uma voz mais ativa. Até fevereiro, o grupo de “simbióticos” propõe-se a fazer uma difusão criativa dessas recomendações, assim como, tentar negociar algumas das propostas que emanaram destes 5 dias de partilha.
Neste encontro, os jovens desenvolveram várias competências. Competências linguísticas, no que se refere á língua castelhana. Competências de caracter sociocultural, fruto do contacto com uma cultura diferentes, e competências relacionadas com a cidadania ativa, através da aprendizagem de conceitos como ativismo criativo, participação e mediação política.
Todas estas atividades desenvolveram-se com uma base de educação não formal, que se traduziu em dinâmicas de teatro de rua, grafiti, grupos multiculturais de reflexão e de opinião.
O grupo de jovens teve oportunidade de conversar com a Presidente da Câmara de Avilês, e de ficar a conhecer jovens de várias nacionalidades que desenvolvem projetos de voluntariado naquele município. Ficaram a saber mais um pouco sobre as várias possibilidades que a Europa oferece no sentido de poderem viajar pela Europa e desenvolver trabalhos semelhantes.
Foram 5 dias muito intensos, em que o sentido de cooperação, amizade e simbiose foram as palavras de ordem que para se refletir sobre s temática da democracia participativa.
No final de todo este processo, os jovens terão direito a um certificado oficial, onde serão reconhecidas todas as competências ao longo deste trajeto.
Os simbióticos prometem mais notícias para breve, com o objetivo de dar voz à comunidade juvenil Vizelense.