on 6 de dezembro de 2013

MOSTRA ESTÁ PATENTE AO PÚBLICO DE 5 DE DEZEMBRO A 23 DE FEVEREIRO NO MUSEU MUNICIPAL ABADE PEDROSA

SANTO TIRSO RECEBE EXPOSIÇÃO DE ESCULTURA DA FUNDAÇÃO DE SERRALVES

O Museu Municipal Abade Pedrosa vai acolher, de 5 de dezembro de 2013 a 23 de fevereiro de 2014, a exposição “Escultura Abstrata nas décadas de 1960/1970 na coleção da Fundação de Serralves”, numa iniciativa da Câmara Municipal de Santo Tirso, ao abrigo do protocolo de colaboração com a Fundação de Serralves.
Trata-se de uma exposição itinerante composta por 13 peças, em mármore, ferro e madeira, da autoria de Armando Alves (duas esculturas), Zulmiro Carvalho (três), João Machado (duas), Alfredo Queiroz Ribeiro (uma), José Rodrigues (três) e Ângelo de Sousa (duas).
A exposição procura mostrar as alterações de paradigmas ocorridas nos anos 1960 e 1970 na escultura, nomeadamente em Portugal, por influência de artistas que beberam de outros contextos que não apenas o francês, como, por exemplo, a arte pop, o minimalismo e a arte conceptual de origem anglo-saxónica.
“Escultura Abstrata nas décadas de 1960/1970 na coleção da Fundação de Serralves” é uma exposição que apresenta um conjunto de propostas que confrontam os diversos passados que foram tornando a obra de arte cada vez mais direta no contacto com o público, por influência da arte pop, da escultura abstrata e do minimalismo norte-americano.
Mais do que encontrar linhagens, a iniciativa mostra uma imagem do contexto artístico português que contraria qualquer ideia de seguidismo ou atraso em relação às experiências artísticas que se iam fazendo noutras latitudes do globo, confirmando, assim, que os artistas nacionais não só conheciam as tendências existentes como souberam retirar delas o que de melhor servia a singularidade das suas pesquisas criativas.
Terceiro Município do país a aderir ao estatuto de membro-fundador da Fundação de Serralves, Santo Tirso recebe mais uma exposição do acervo de Serralves e dá, assim, corpo ao objetivo de promover a cultura a nível local, nacional e internacional, ao acolher uma mostra com 13 peças de seis consagrados escultores.
A exposição “Escultura Abstrata nas décadas de 1960/1970 na coleção da Fundação de Serralves” abre dia 5 de dezembro, quinta-feira, tem entrada gratuita e pode ser visitada de segunda a sexta-feira das 9h00 às 17h00.