on 9 de dezembro de 2013

A Câmara Municipal de Vizela convocou esta manhã uma conferência de imprensa, sem direito a perguntas, para informar que a autarquia irá atribuir pelouros em janeiro ao vereador Miguel Lopes numa óptica de unir esforços. Confira o vídeo:





Vereador da Coligação “Vizela é para todos” assume pelouros na Câmara Municipal

O Presidente da Câmara Municipal de Vizela, Dinis Costa, chegou a um acordo com o líder da Coligação “Vizela é para todos”, Miguel Lopes, no sentido de este colaborar com o Executivo PS, distribuindo-lhe pelouros.
Na conferência de imprensa, realizada esta manhã, Dinis Costa informou que chegou ‘a acordo com o líder da Coligação “Vizela é para todos”, no sentido de lhe dar responsabilidade no projeto defendido pelo PS’.
O Edil afirmou que, ‘nos próximos quatro anos, o nosso Partido será Vizela’, sendo que ‘o principal objetivo é gerar consensos’, tendo em conta a situação que se vive atualmente no Concelho.
O Presidente da Câmara disse que, neste momento, ‘o mais importante é a credibilização e o saneamento financeiro da Câmara Municipal e, para isso, é preciso estarmos unidos’.
Dinis Costa salientou a importância deste acordo, ‘no sentido de trabalharmos todos por uma única causa: o interesse de Vizela e dos vizelenses. Vamos trabalhar em equipa, como um todo, no projeto que prometemos em campanha eleitoral: ajudar as pessoas!’, afirmou o Edil.
Não são ainda conhecidos os pelouros que serão distribuídos ao Vereador Miguel Lopes, contudo, Dinis Costa afirmou ‘confiar na responsabilidade e transparência’ do Vereador da Coligação, para assumir os pelouros que lhe serão destinados.
O Vereador Miguel Lopes defendeu que ‘no período pós-eleitoral, não há partidos, mas sim Vizela’, afirmando que o objetivo ‘é trabalhar em conjunto, ainda mais no difícil contexto atual’.
O Vereador da Coligação disse que, enquanto Vereador da Oposição, ‘o mais importante é poder ajudar ativamente o Executivo’, acrescentando que ‘vamos todos trabalhar em conjunto, em prol de Vizela. Não estamos numa fase de divisões, mas sim de juntar esforços, pois, nesta luta, todos somos poucos’.
Miguel Lopes classificou a atitude do Edil Dinis costa, de ‘ato nobre, de uma forma de fazer política muito acima da média’, defendendo, ainda, que ‘isto deve ser visto de uma forma positiva, no sentido de todos juntos trabalharmos por Vizela’.
O Presidente da Câmara destacou que, no atual contexto, o mais importante é juntar esforços e gerar consensos e, por isso, solicitou também a colaboração da CDU, sendo que será efetuada uma reunião mensal com aquela força política, para a discussão de propostas que contribuam para o desenvolvimento de Vizela.