on 15 de janeiro de 2014


Num ano que ainda começou há poucos dias e sendo sabido que este ano irá trazer uma maior dificuldade nas carteiras das pessoas, foi implementado um aumento de 1% nos transportes públicos de Guimarães em 2014.

O Bloco de Esquerda de Guimarães está completamente contra esta medida aplicada, relembrando que nas últimas autárquicas o BE propôs alargar e melhorar os transportes públicos no concelho de Guimarães de modo a abranger o concelho todo. Por outro lado, o BE defende que as tarifas dos transportes públicos devem ser diminuídas visto que neste momento em Guimarães torna-se mais economicamente viável a utilização de viatura própria em vez da utilização de transportes públicos. Como consequência a quantidade de fluxo de carros na cidade de Guimarães irá aumentar bem como irá  ocorrer um aumento de emissões gasosas.
Ainda existe outra grande lacuna nos transportes públicos em Guimarães, que diz respeito à falta de criação de tarifas para pessoas com baixos rendimentos, alargando assim o passe social a outras pessoas que não só os idosos.
É importante deixarmos de pensar na rede de transportes apenas de uma forma economicista quando, de facto, esta deva ser considerada um serviço público e social.

BE Guimarães