on 7 de março de 2014

Este domingo, em Vizela VENCESLAU QUITÉRIO ESTÁ AÍ!

"O Meu Quitério, Aventuras e Desventuras de Venceslau na aldeia de Meio Grama" é o novo livro de Helder Magalhães. Humor, sarcasmo misturam-se com a mais fina sensibilidade telúrica, num livro que se auto-define como um conjunto de crónicas encoelhadas que escacham e devassam por completo a intimidade de Venceslau Quitério, homem do campo, apreciador de margens e rebanhos, metamorfoseando-se, por vezes, em anunciador de um futuro escatológico. O livro vai ser solenemente apresentado pelo escritor Paulo Melo Lopes em Tagilde, Vizela, na tarde, que promete ser solarenga, do próximo domingo, a partir das 16 horas. Na sede da Junta. Não de Meio Grama, mas da união das freguesias de Tagilde e S. Paio de Vizela. 

"Sou os arredores de uma vila que não há, o comentário prolixo a um livro que não se escreveu. Não sou ninguém, ninguém. Não sei sentir, não sei pensar, não sei querer. Sou uma figura de romance por escrever, passando aérea, e desfeita sem ter sido, entre os sonhos de quem não me soube completar." Livro do Desassossego, composto por Bernardo Soares, ajudante de guarda-livros na cidade de Lisboa.