on 24 de março de 2014




Realizou-se no passado dia 22 de Março no centro de trabalho do PCP em Vizela a V Assembleia da Organização Concelhia de Vizela.
Foi feita uma abordagem sobre a situação política, onde se destacam segundo o PCP, as novas formas económicas impostas pelos tratados europeus que arrastou o país para situações complexas devido ao recurso, ao FMI, BCE e EU com a entrada da Troika têm aumentado os níveis de exploração, aumentado o desemprego e o empobrecimento de muitos camaradas da população e a miséria extrema a aumentar para muitas pessoas. 
Segundo o PCP, a concelhia de Vizela, no quadro político em que se vive é fundamental o reforço do P.C.P.
É duma importância muito grande a ligação do Partido às populações, aos seus anseios , na defesa dos seus direitos e combate aos problemas que os afecta, fica o apelo para que os comunistas participem nas ações promovidas pela CGTP, na exigência de uma alternativa política, que é colocada como uma necessidade e é cada vez mais um imperativo Nacional, esta é uma questão central mudar o Governo e mudar de políticas.

Apelou-se à participação dos comunistas nas comemorações do 25 de Abril, 1º de Maio e na campanha para o Parlamento Europeu.

Apoiar a participação da CDU na Assembleia Municipal, através de fazer chegar informação e propostas com sentido de contribuirmos para que Vizela seja cada vez melhor cá viver.

O PCP afirma-se em Vizela como força de combate ao desemprego, pelo direito ao trabalho, defender medidas de apoio aos micro, pequenos comerciantes e industriais, defender o aparelho produtivo através do acesso mais fácil ao crédito, redução dos custos do sector energético e rodoviário, redução das taxas de impostos.
O PCP afirma-se como força de combate às políticas de concentração da riqueza em grupos económicos que vivem da agiotagem económica com a plena cobertura dos consecutivos Governos PSD com o CDS e o PS.
O PCP luta por melhores condições de vida para o Povo.
Os eleitos param dirigir a concelhia – António Monteiro, Jorge Mário, Pedro, António Sousa, Pacheco, Joaquim Mendes, Sousa Martins, Augusto Carlos, Vaz Monteiro, Marco Pereira. 

Vizela 22 de Março de 2014
António Monteiro