on 7 de março de 2014


DUELO AO RUBRO COM PEDRO MEIRELES E JORGE HENRIQUES
Pilotos vimaranenses fazem a antevisão do 
Rally Cidade de Guimarães

Os vimaranenses Pedro Meireles e Jorge Henriques, ambos de 40 anos, não têm só em comum a idade. Esta sexta-feira, os dois vão correr em «casa» na segunda edição do Rally Cidade de Guimarães. “É sempre especial”, dizem, convictos que as alterações introduzidas este ano vão contribuir para a espectacularidade da prova.

“Comparando a estrutura deste ano em relação à edição anterior, penso que as coisas estão melhores. A Super Especial no centro da cidade é fundamental, assim como a chegada do Rally no Largo do Toural é uma ótima opção”, considera Pedro Meireles, cuja opinião foi também partilhada por Jorge Henriques.

“Este é um rally bonito, muito técnico e excelente para os espetadores! Aliás, as alterações introduzidas vão trazer muito público. A realização da Super Especial no centro da cidade é excelente e irá juntar, com toda a certeza, imensos espectadores, o que é muito bom para todos! Além disso, a realização da cerimónia do pódio no Toural, local emblemático para os vimaranenses, é o sítio ideal para a coroação dos vencedores”, acrescentou Jorge Henriques.

Determinados a contribuírem para a espetacularidade da prova, os dois pilotos pretendem discutir a vitória, “sabendo de antemão das dificuldades”. “Há muitos adversários com grande valor e com máquinas muito competitivas, mas tudo faremos para conseguir os nossos intentos”, dizem, em uníssono. “A estrutura do Rally Cidade de Guimarães é a ideal para um Rally do Nacional, pois o público pode ver 7 das 9 classificativas, o que é excelente”, observou, a propósito, o piloto da M&Costas.

Igualmente confiante, Jorge Henriques quer “esquecer a desistência em Fafe” e alcançar um bom resultado neste Rally. “Se possível, um dos lugares do pódio!”, disse. “Conhecemos bem a prova e no ano passado correu-nos muito bem. Esperamos que este ano nos corra também de feição, pois temos um excelente carro que pode discutir o triunfo, contudo, vamos ver como nos correm as coisas, uma vez que temos bons adversários com carros idênticos ao nosso”.

Recentemente, Pedro Meireles, ao volante de um Skoda Fabia S2000, venceu o Rali Serras de Fafe, enquanto Jorge Henriques, que navega João Barros no novíssimo Ford Fiesta R5, um dos carros mais competitivos, pretenderá debelar os azares sofridos em Fafe, dado que foram obrigados a abandonar a prova na sua fase inicial.

Além de Meireles e Henriques, há mais vimaranenses em competição e, por isso, são vários os atrativos para esta segunda edição do Rally Cidade de Guimarães. Esta sexta-feira, o destaque vai para a realização da Super Especial no centro da cidade, agendada para as 21 horas. No sábado, a Penha receberá a passagem de quatro provas especiais na parte da tarde, sendo que, este ano, os espetadores poderão levar os seus veículos até ao topo da montanha, utilizando para o efeito o troço da estrada 101-2 situado em Mesão Frio.

O Rally Cidade de Guimarães tem um total de 10 classificativas. A prova começa esta sexta-feira com a realização de uma Super Especial Noturna, com início às 21 horas (1,9 km), prosseguindo no sábado com os troços da Rota das Cutelarias (8,47 kms; três passagens), Citânia de Briteiros (16,93 kms; duas passagens), Santuário da Penha (7,61 kms; duas passagens) e Serra da Penha (13,47 kms; duas passagens).