on 20 de março de 2014

CONCELHO DEU-SE A CONHECER, PELA PRIMEIRA VEZ, NA MAIOR FEIRA DE TURISMO DO PAÍS
PRESENÇA DE SANTO TIRSO NA BTL 2014 SUPEROU TODAS AS EXPECTATIVAS

A participação do Município de Santo Tirso na BTL-Feira Internacional de Turismo, que decorreu, de 12 a 16 de março, na FIL, no Parque das Nações, em Lisboa, superou as expetativas. Ao longo dos cinco dias do maior certame turístico do país, estima-se que cerca de 10 mil visitantes, entre profissionais do setor e público em geral, passaram pelo espaço do concelho no “stand” do Turismo Porto e Norte de Portugal, atraídos pelos produtos expostos, provas comentadas e momentos de degustação de jesuítas, licor de Singeverga, Vinhos Verdes, bolachas conventuais e bombons produzidos pela Cooperativa de Apoio à Integração do Deficiente. “A afluência de público é a prova de que a promoção de Santo Tirso tem ainda um grande potencial de crescimento, razão pela qual estamos decididos a apostar na presença em feiras como a BTL”, reconheceu o presidente da Câmara, Joaquim Couto.
Santo Tirso participou, pela primeira vez, naquela que é a maior montra do turismo em Portugal, com um “stand” integrado no espaço do Turismo do Porto e Norte de Portugal, para promover, junto dos profissionais do setor e do público em geral, as potencialidades do concelho.
A presença do Município na Feira Internacional de Turismo constituiu, assim, uma oportunidade para a promoção da arte, da tradição e da cultura de Santo Tirso, ao mesmo tempo que permitiu dar visibilidade a uma ampla oferta turística, nas áreas do património, do ambiente, do turismo de saúde e bem-estar, da hotelaria e do golfe, bem como da gastronomia e dos Vinhos Verdes.
Para batismo na BTL, o concelho quis apostar na promoção do que melhor tem para oferecer, numa estratégia de diferenciação de um turismo e de uma cultura com raízes, associados a uma diversificação de ações de animação que tiveram lugar em paralelo às atividades da própria feira.
A participação de Santo Tirso no certame permitiu ainda o estabelecimento de um conjunto de contactos com agentes profissionais e proporcionou um elevado número de pedidos de informações daqueles que visitaram o “stand” do concelho, o que também contribuiu para o “balanço extremamente positivo” que o presidente da Câmara fez da presença do Município na FIL.
“Não há qualquer tipo de dúvidas de que as expetativas foram superadas”, sublinhou Joaquim Couto, acrescentando: “O caminho está traçado: Santo Tirso tem de ter uma presença assídua e diferenciadora em iniciativas como a BTL, se quer fazer parte do pelotão da frente dos municípios que apostam na promoção turística como fator de desenvolvimento socioeconómico”.
O presidente da Câmara está convencido de que “a aposta na promoção do concelho é uma estratégia decisiva na atração de investimento para Santo Tirso”, principalmente na atual conjuntura económico-financeira por que passa o país, tendo já estabelecido como objetivo “posicionar o concelho como um dos destinos de referência no âmbito da Área Metropolitana do Porto e mesmo da região norte”.
O Museu Internacional de Escultura Contemporânea, os Vinhos Verdes, os produtos de excelência de Santo Tirso, como os jesuítas, os limonetes, o licor de Singeverga e as bolachas conventuais, o golfe, as termas e a hotelaria estiveram em foco ao longo dos cinco dias da BTL, bem como o artesanato e o folclore, através da presença de Delfim Manuel, um dos melhores artesãos do país, que dirigiu um workshop de artesanato, e da atuação do Rancho Típico da Reguenga.
A participação de Santo Tirso na Feira Internacional de Turismo fez-se ainda de muita animação, com a presença da rainha e da princesa do Vinho Verde, e da criatividade na promoção das Termas das Caldas da Saúde e na oferta de um voucher – prémio de uma noite em quarto duplo, com pequeno-almoço – ao vencedor do sorteio levado a cabo pelo Hotel Cidnay.