on 23 de maio de 2014




PROVA ORGANIZADA PELO MUNICÍPIO E PELO CAST VAI PARA A ESTRADA DIAS 23 E 24 DE MAIO

RALI DE SANTO TIRSO 2014 COM MAIOR NÚMERO DE INSCRITOS DESDE 1996

O Rali de Santo Tirso 2014, organizado pela Câmara Municipal e pelo Clube Automóvel de Santo Tirso (CAST), vai para a estrada, dias 23 e 24 de maio, com o maior número de inscritos desde 1996. Em 2014, são 50 os participantes, menos um do que há 18 anos, quando os ralis se estrearam no concelho. A lista publicada pela Federação Portuguesa de Automobilismo e Karting é rica em quantidade e qualidade, o que abre boas perspetivas para um “rali sprint” emotivo e disputado.

O interesse de pilotos e equipas em participar no Rali de Santo Tirso superou as expetativas, o que, para o diretor de prova e presidente do CAST, Carlos Guimarães, mostra “a capacidade do Clube Automóvel de Santo Tirso em organizar, juntamente com a Câmara Municipal, uma prova que tem condições de se afirmar, no futuro, como uma referência na região norte”.

O presidente do CAST manifesta-se “satisfeito” com o número de inscritos e “orgulhoso com o resultado do trabalho desenvolvido a promover e divulgar” o Rali de Santo Tirso 2014, considerando que “estão reunidas todas as condições, sob o ponto de vista organizativo e de segurança, para uma prova com muitos pontos de espetáculo”.

Os motores, dos quais se destacam os dos Ford Fiesta R5, as coqueluches dos ralis, os dos Mitsubishi Lancer Evo e os dos BMW, começam a aquecer, a partir das 21h00 do dia 23 de maio, sexta-feira, para uma Super Especial noturna de 2,6 km, com partida do parque localizado atrás Câmara Municipal.

A dupla abordagem dos carros à rotunda junto à Igreja Matriz e a passagem pela ponte sobre o rio Ave – a grande novidade da edição de 2014 – marcam a Super Especial de abertura do rali, que tem chegada no Parque D. Maria II, um anfiteatro natural que espera milhares de espetadores.

Depois de animar o centro da cidade, o Rali de Santo Tirso parte, dia 24 de maio, rumo à serra, para cumprir a segunda e quarta Provas Especiais de Classificação. A partida está localizada na freguesia de Guimarei, com o primeiro concorrente a arrancar pelas 10h33, e a chegada assinalada junto ao aeródromo de Vilar de Luz, 4,8 quilómetros depois. A curva para o campo de Guimarei, ao quilómetro 0,750, a curva à direita com a passagem na lomba, ao quilómetro 2,8, e as duas últimas curvas da classificativa, ao quilómetro 4,5, são três zonas de grande espetacularidade para pilotos e público.

A classificativa Refojos/Assunção tem uma extensão de 7,2 quilómetros e inclui mais duas Provas Especiais de Classificação: a 3.ª e a 5.º, com os seguintes horários: 11h06 e 12h42, respetivamente. Os pontos de maior interesse são a curva fechada para Valinhas, ao quilómetro 0,850, a curva à esquerda na igreja de Monte Córdova, ao quilómetro 3,0, as duas curvas junto ao cruzamento para o Mosteiro da Assunção, ao quilómetro 3,3, e as curvas da “Abelha”, ao quilómetro 7.

A chegada ao parque fechado, localizado na Câmara Municipal, acontecerá a partir das 13h47. Para as 14h15, está prevista a cerimónia do pódio, na Praça 25 de Abril, em frente à Câmara Municipal.