on 28 de outubro de 2014




EDIÇÃO DE 2014 DAS FESTAS S. BENTO FOI MAIS BARATA DO QUE A DE 2013

CÂMARA ATRIBUI 190 MIL EUROS EM SUBSÍDIOS
A COLETIVIDADES DE SANTO TIRSO 

O executivo municipal presidido por Joaquim Couto atribuiu hoje, dia 28 de outubro, por unanimidade, uma verba de 190 mil euros em subsídios às coletividades do concelho, na reunião pública de Câmara realizada no Salão Nobre. O maior montante será destinado ao Clube Desportivo das Aves, ao abrigo de um contrato-programa de desenvolvimento desportivo que prevê melhoramentos nas infraestruturas e apoio à formação.
Já os Amadores de Pesca de Vila das Aves, detentores da única pista de pesca concessionada do concelho, vão receber um subsídio de 375 euros, enquanto a Associação Desportiva de Tarrio, uma verba de dois mil euros. A Associação Recreativa de Negrelos, por sua vez, viu ser deliberado um subsídio de 900 euros e a Associação Desportiva de Refojos, um apoio da Câmara de mil euros. Por fim, a Associação Desportiva de Guimarei vai receber um subsídio de mil euros.
Por maioria, foi aprovada a proposta de atribuição de um subsídio de 12 mil e 800 euros para a Comissão das Festas S. Bento 2014, para fazer face aos compromissos relacionados com a organização e promoção da maior romaria de Santo Tirso. Na reunião pública do executivo municipal, o presidente da Câmara, Joaquim Couto, deu a garantia de que, à semelhança do que havia prometido, a edição de 2014 das Festas S. Bento “foi mais barata do que a de 2013”.
O orçamento da edição do ano anterior foi de cerca de 141 mil euros, ao passo que o deste ano fixou-se em aproximadamente 133 mil euros. Da mesma forma, os valores transferidos pela Câmara em 2013 foram de 107 mil euros, enquanto, em 2014, o montante não passou dos 102 mil euros.
Todos os 11 pontos da Ordem do Dia da reunião pública de Câmara de hoje foram aprovados por unanimidade, exceto os pontos 4, 5 e 9.


Santo Tirso, 2014-10-28
O Gabinete de Comunicação