on 9 de outubro de 2014
 INTERVENÇÃO CONCLUÍDA ESTE MÊS
Câmara Municipal de Guimarães renova fachada principal do seu edifício

Pintura e reparação ficam concluídas dentro de três semanas. Obras reabilitam emblemático edifício barroco do centro da cidade de Guimarães.
A fachada principal do edifício do antigo Convento de Santa Clara, onde se encontram atualmente instalados os serviços da Câmara Municipal de Guimarães, está a ser submetida a uma intervenção cujas obras de beneficiação ficarão concluídas até ao final deste mês de outubro.
A empreitada, adjudicada à empresa “Costeira – Engenharia e Construção, S.A”, pelo preço de 26.937,71 euros, valor ao qual acresce a taxa de IVA em vigor, tem por objetivo proceder à renovação exterior do edifício camarário, através do tratamento e pintura dos elementos que compõe a fachada, designadamente, paredes, elementos em granito, vãos de madeira, guardas e vãos metálicos e elementos de drenagem das águas pluviais.
O Convento de Santa Clara, onde hoje está situada a sede dos Paços do Concelho de Guimarães, é uma obra iniciada no século XVI, sendo sucessivamente intervencionada nos séculos seguintes, com importantes ampliações e beneficiações.
O edifício, de características barrocas, instituído pelo Cónego Mestre-Escola da Colegiada de Nossa Senhora da Oliveira, Baltazar de Andrade, tem uma fachada majestosa, bastante decorada e dividida em três corpos, tendo ao centro a figura de Santa Clara, num nicho, sobre o portal de entrada.
Em 1968, o edifício assumiu as funções que mantém nos dias de hoje, passando a albergar os principais serviços do Município. Em 1973, no local correspondente à Igreja do Convento, é instalado o Arquivo Municipal Alfredo Pimenta, transferido, em 2003, para a Casa dos Navarros de Andrade.