on 11 de novembro de 2014

Biblioteca Municipal Fundação Jorge Antunes disponibiliza Fundo Manuel Campelos

A Câmara Municipal de Vizela e a Fundação Jorge Antunes inauguraram no passado sábado o Fundo Reservado Manuel Campelos, composto por toda a documentação relativa ao Movimento para a Restauração do Concelho de Vizela, doado pelo ilustre vizelense Manuel Campelos.
Na inauguração esteve presente o Presidente da Câmara Municipal de Vizela, Dinis Costa, que enalteceu a figura de Manuel Campelos: ‘Ninguém como Manuel Campelos se entregou, ao longo de mais de três décadas, de forma contínua, persistente e abnegada, a uma luta perseverante, que chegou ao fim a 19 de março de 1998 e que elevou, finalmente, Vizela a Concelho’.
Dinis Costa realçou também a importância deste projeto: ‘Não posso também deixar de agradecer à Fundação Jorge Antunes o facto de ter iniciado este projeto, ao qual a Câmara Municipal de Vizela se associou desde a primeira hora, por se tratar de um espólio de valor incomensurável para o Município de Vizela e que irá contribuir para a perpetuação no tempo do significado da luta autonómica do Concelho de Vizela.’
De realçar que a criação do Fundo Manuel Campelos resultou de uma parceria entre a Câmara Municipal de Vizela e a Fundação Jorge Antunes, sendo este Fundo constituído pelo arquivo do Movimento para a Restauração do Concelho de Vizela, que inclui correspondência, folhetos, fotos e recortes de jornal, entre outros, que retratam o processo de luta pelo concelho de Vizela, de 1964 a 1998.
O espólio foi cedido por Manuel Campelos e está agora disponível para consulta na Biblioteca Municipal Fundação Jorge Antunes.


Fundo reservado Manuel Campelos

A Biblioteca Municipal Fundação Jorge Antunes coloca à disposição dos seus leitores o fundo reservado Manuel Campelos, constituído pelo arquivo do Movimento para a Restauração do Concelho de Vizela, que inclui correspondência, folhetos, fotos e recortes de jornal, entre outros, que retratam o processo de luta pelo concelho de Vizela, de 1964 a 1998, ano em que Vizela foi considerada concelho.
No sentido de facilitar a consulta do fundo reservado, os documentos foram agrupados em áreas, a saber (ordem alfabética):
CDS; Código Postal; Comunicados; Diversos; Freguesias; Governo Civil Braga; Marechal Spínola; Ministério da administração interna; Moreira; Nova Vizela (Guiné); Organizações internacionais; Partidos diversos; PCP; PPM; Presidente da República; Primeiro-ministro; PS; PSD; Recortes de jornal; Vilarinho.

Condições de acesso

O Fundo de Reservados exige condições especiais de acesso. Este Fundo mantém unicamente leitura de presença, sem possibilidade de empréstimo. As solicitações de reprodução do fundo reservado deverão ser comunicadas à biblioteca e serão objeto de análise.

a) O acesso a estes fundos só é permitido a pessoas devidamente identificadas.

b) O leitor é responsável pelas espécies que recebe até à sua devolução e conferência pelos funcionários de serviço. Não poderá, em caso algum, escrever nos documentos ou sobre eles, nem retirá-los da sua ordem.

c) Cada leitor só poderá ter na sua mesa de trabalho uma capa.