on 30 de dezembro de 2014

A Câmara Municipal de Vizela informa que no próximo dia  1 de janeiro de 2015 não haverá recolha de lixo. Tendo em conta a época natalícia, verifica-se também a necessidade de alterar os horários de colocação de resíduos na via pública para posterior recolha.

Assim, informamos sobre as alterações que vão acontecer no período festivo que se aproxima:

Quarta-feira – 24 e 31 de dezembro:
07h00 _ 07h30 – Período de colocação de resíduos na via pública na Freguesia de Infias e de S.ta Eulália;
11h30 - 12h00 - Período de colocação de resíduos na via pública na Freguesia de Caldas de Vizela (S. Miguel e S. João (Centro)) e Freguesia de Caldas de Vizela (S. Miguel e S. João (Periferia));

Quinta-feira – 25 de dezembro e 1 de janeiro - Não há recolha de resíduos

Sexta-feira – 26 de dezembro e 2 de janeiro

07h00 - 07h30 - Período de colocação de resíduos na via pública na Freguesia de Infias, S.ta Eulália, S.to Adrião e Tagilde e Vizela (S. Paio);
11h30 - 12h00 - Período de colocação de resíduos na via pública na Freguesia de Caldas de Vizela (S. Miguel e S. João).

***

Guimarães
Recolha de lixo não se realiza no feriado desta quinta-feira, 01 de janeiro

Resíduos urbanos não são recolhidos a 01 de janeiro, Dia de Ano Novo. Serviços municipais retomam recolha a partir das 23 horas de quinta-feira.
O Município de Guimarães informa que não irá proceder à recolha de lixo na noite de quarta e durante o dia de quinta-feira, 01 de janeiro, Dia de Ano Novo, sendo retomada a atividade dos serviços na quinta-feira à noite, de 01 para 02 de janeiro.
No centro da cidade de Guimarães, esta quarta-feira, 31 de dezembro, o último circuito tem início às 19 horas com a recolha de resíduos dos estabelecimentos comerciais, terminando uma hora depois.
A Câmara Municipal solicita aos seus munícipes, a colaboração e compreensão para que não depositem resíduos (sacos e/ou baldes) na via pública naqueles períodos, contribuindo assim para assegurar a salubridade pública.
O Departamento de Serviços Urbanos e Ambiente do Autarquia apela à sensibilidade e à consciência ambiental da comunidade, de forma a reduzir o volume das embalagens e a acondicionar o lixo doméstico, evitando a sua colocação na via pública.