on 10 de março de 2015

FIGURA ÍMPAR DA LITERATURA PORTUGUESA

Biblioteca de Guimarães comemora 148º aniversário de Raul Brandão esta quinta-feira

Aniversário natalício de Raul Brandão, cujo nome identifica a Biblioteca Municipal, será celebrado este ano por alunos de Nespereira, freguesia onde viveu um dos maiores escritores portugueses.

A Biblioteca Municipal Raul Brandão, cujas atuais instalações completaram no passado dia 7 de março 23 anos que foram inauguradas, vai comemorar esta quinta-feira, 12 de março, a passagem do 148º aniversário da data de nascimento do seu patrono, prestigiado escritor e dramaturgo que viveu em Guimarães entre 1886 e 1901.
A manhã será preenchida com a realização de duas iniciativas de âmbito cultural, promovidas por alunos de Nespereira, freguesia vimaranense onde residiu Raul Brandão com quem manteve uma relação de grande proximidade com as gentes da terra, bem patente no conteúdo das suas obras onde estão expressas inúmeras referências a Nespereira.
O programa de comemorações do nascimento de Raul Brandão principia pelas 10 horas, com a inauguração da exposição “Um Olhar sobre Portugal Pequenino”, de Raul Brandão e Maria Angelina, organizada e concebida por alunos do 3º e 4º anos de escolaridade da EB1 Arrau, em Nespereira. Meia hora depois, os estudantes do mesmo estabelecimento de ensino vão representar uma peça de teatro alusiva ao tema da exposição – mostra que poderá ser apreciada pelo público até ao dia 31 de março.
Membro da Rede Nacional de Leitura Pública desde 1987, a atual Biblioteca Municipal Raul Brandão tem origens no Serviço de Bibliotecas e Apoio à Literatura da Fundação Calouste Gulbenkian, criado há cerca de 40 anos sob a direção de Branquinho da Fonseca. Em 1964, a direção do Círculo de Arte e Recreio (CAR) efetuou um pedido de apoio à Fundação Calouste Gulbenkian e, em 1966, foi inaugurada a Biblioteca Fixa nº 127 da Fundação Calouste Gulbenkian na sede do CAR.
Em 1975, esta Biblioteca é instalada no antigo edifício dos Paços do Concelho, mantendo-se aí até 1992. A 7 de março desse ano, é inaugurada a Biblioteca Municipal Raul Brandão, em frente ao edifício da Câmara Municipal de Guimarães. Atualmente, tem polos nas vilas de Lordelo, Pevidém e Taipas, além do posto itinerante que percorre as freguesias do concelho.