on 6 de maio de 2015

Comunicado:

Coligação desmascara Câmara Municipal e apresenta a realidade das contas

Este é, sem dúvida, um dos momentos mais relevantes, para o concelho: A apresentação das contas, por parte daqueles, que têm gerido os nossos dinheiros.
Os elementos socialistas da Câmara Municipal de Vizela, nomeadamente o Sr. Presidente da Câmara, reduziram a análise à Conta de Gerência de 2014 ao elevado grau de execução da receita e da despesa.
Lembramos que o Sr. Presidente prometeu na reunião de 28 de novembro de 2013 que o orçamento para 2014 seria o orçamento mais realista e de contenção, o qual marcaria a viragem para a consolidação financeira do nosso Município.
Infelizmente, a execução orçamental de 2014, desmente mais uma vez o compromisso que o Presidente da Câmara assumiu com os Vizelenses.

Senão, vejamos: 

Será realista um orçamento que teve, nas receitas, um desvio de mais de dez milhões e quinhentos mil euros e nas despesas, um desvio de mais de doze milhões de euros?
Será de contenção um orçamento que aumentou as despesas correntes do Município em mais de dois milhões de euros em relação a 2013?
Será de consolidação financeira um orçamento que, em relação a 2013, aumentou o passivo em perto dos 5 milhões de euros e as dívidas a terceiros próximo dos setecentos mil euros? 
Lembramos aos vizelenses que a dívida total aumentou para mais de vinte e cinco milhões de euros, verificando-se um aumento de mais de um milhão de euros de 2013 para 2014.

Em conclusão :

2014 foi mais um ano perdido!
E foi perdido porquê?
1º- Não houve contenção nas despesas correntes do Município;
2º- Não houve consolidação financeira do Município. 
3º- O Executivo Socialista na pessoa do Sr. Presidente continuou a gastar à grande e de uma forma completamente descontrolada.

Deveria o executivo socialista ter aproveitado a bóia de salvação que lhe foi proporcionada através dos empréstimos do PAEL e Reequilíbrio Financeiro para relançar o investimento, dinamizar a economia local e fomentar o emprego, isto é, criar riqueza para os Vizelenses.
Mas o executivo socialista está longe de saber governar uma Câmara em prol dos interesses dos vizelenses. Lembremos que estes estão, à conta de um PAEL provocado pela má governação do executivo PS, a pagar os impostos ao máximo, nomeadamente IMI, Derrama e restantes taxas camarárias.
A coligação "Vizela é para todos" não pactuará com embustes e a prestação de contas não passa de um embuste, negando a realidade dos factos, mentindo reiteradamente aos vizelenses.

A sua palavra de ordem é: gastar, gastar, gastar!

A coligação diz BASTA! Deixem de pensar nos vossos interesses e governem o município com seriedade!
A Coligação continuará alerta procurando soluções para os problemas dos Vizelenses, construindo uma alternativa credível e de esperança para o futuro de Vizela.



INFORMAÇÃO:

A Coligação "Vizela é Para Todos" aproveita este momento para comunicar aos Vizeleneses que a sua sede estará aberta para os receber, aos sábados das 10:00 às 12:00 horas. Neste momento, em particular, estaremos disponiveis para ajudar a clarificar dúvidas relacionadas com o IMI.