on 17 de maio de 2015


PARTICIPANTES DE VÁRIOS PONTOS DO PAÍS

Ruas de Guimarães receberam encontro de carochas organizado pela vila de Ponte

Míticas viaturas atraíram público de quase duas dezenas de cidades diferentes, proporcionando um convívio cultural entre proprietários dos veículos e a população vimaranense. Durante dois dias, evento mostrou potencialidades turísticas de Guimarães.
Cerca de meia centena de diferentes modelos do conhecido Volkswagen Carocha participaram na primeira edição do “Encontro Informal de VW de Vila de Ponte”, promovido pela Junta de Freguesia e que reuniu na Câmara Municipal de Guimarães automobilistas provenientes de 17 cidades portuguesas de diferentes pontos do país, entre eles, Lisboa, Porto, Monchique, Bragança e Viseu. 
O encontro teve como objetivo promover Guimarães e a vila de Ponte, bem como divulgar a temática dos automóveis antigos e clássicos nas vertentes desportiva, de lazer e de restauro, valorizando simultaneamente os aspetos turísticos, culturais e gastronómicos do concelho. Entre condutores e acompanhantes, a iniciativa foi participada por mais de uma centena de pessoas, a maioria de outros concelhos, de norte a sul do país, recebidas na Câmara Municipal de Guimarães por Domingos Bragança, Presidente do Município.
O encontro temático, que principiou no Parque de Lazer da Ínsua, contemplou uma visita ao Castelo e ao Paço dos Duques de Bragança, emblemáticos monumentos vimaranenses que fizeram igualmente parte do programa de visitas de automobilistas apaixonados por este popular veículo de marca alemã. Seguiu-se um desfile entre o centro da cidade e a vila de Ponte, onde participaram carochas, mas também as espaçosas e mais altas “Pão de Forma”, com destaque para modelos como o Karmann Ghia, Splitscreen ou o Baywindow.
Refira-se que o Volkswagen Carocha foi o primeiro modelo de automóvel fabricado pela companhia alemã Volkswagen. Chegou a ser o carro mais vendido no mundo ultrapassando, em 1972, o recorde que pertencia até então ao Ford Modelo T. «A principal motivação dos proprietários dos popularmente conhecidos carochas é, essencialmente, a partilha de diferentes culturas nos convívios que realizamos», disse Vítor Castro, responsável pela organização do evento.

«O nosso objetivo é tornar este evento numa referência nacional. O próximo já tem data marcada em 2016», anunciou Sérgio Castro Rocha, Presidente da Junta de Freguesia, durante a receção que decorreu no Salão Nobre do Município. «Todos os portugueses sentem e gostam de Guimarães, cidade onde nasceu a nacionalidade. Este encontro destina-se a quem gosta de carochas, de vila de Ponte, mas também de Guimarães», concluiu Domingos Bragança, Presidente da Autarquia.