on 16 de setembro de 2015

O projeto No meu tempo é um projeto concelhio, a desenvolver de Setembro 2015 a Julho 2016, e consiste em dar voz e valorizar as histórias de vida da população senior, através do registo e divulgação das mesmas, em 10 áreas previamente selecionadas, numa lógica de comparação com os dias de hoje, ao mesmo tempo que se procura o envolvimento da comunidade e do público escolar num projeto comum.

O projeto visa 2 públicos diferenciados:

Público senior: Promovido pela Fundação Jorge Antunes, em parceria com Rotary Clube Vizela, é dirigido a 50 adultos entre os 50 e 80 anos, e tem como objetivos promover a aprendizagem ao longo da vida e envelhecimento ativo e simultaneamente contribuir para a preservação da memória histórica de Vizela. O Projeto conta com o apoio da Câmara Municipal de Vizela, Rádio Vizela, Rv Jornal. 

Público escolar e famílias: Promovido pelos Agrupamentos de Escolas de Vizela e de Infias-Vizela, o projeto assume uma importância fundamental, já que vai permitir que as histórias do passado para além de serem recolhidas, sejam conhecidas e vividas pelas crianças e jovens de hoje. O envolvimento das famílias é outros dos objetivos fundamentais.


Os adultos seniores têm com eles histórias ricas que nem sempre são ouvidas. Este é um projeto que certamente mudará a vida dos seus participantes, ao valorizá-los a si próprios e às suas histórias, aumentando assim a sua auto-estima e o fortalecimento de laços com os restantes participantes no projeto, através da partilha de experiências, saberes, motivações e afetos.
Para além de promover a auto estima do seu público e a inclusão social, o projeto No meu tempo, assenta no conceito de aprendizagem ao longo da vida, promovendo a construção de saberes diversos, promoção da curiosidade e pesquisa.
Ainda, as histórias dos seniores, para além de pessoais retratam também o quotidiano, os costumes da região, servindo assim também um objetivo de preservação da etnografia e das memórias locais.
O projeto, alicerçado em 10 grandes temas: Infância, Relações, Tecnologia, Cidade, Escola, Profissões, Lazer, Vestuário, Comunicação, Medicina, visa então recolher testemunhos, fotos, registos vídeo e áudio e outros documentos e objetos junto do público senior, que permitam estabelecer comparações com os tempos de hoje (exemplo: No meu tempo, a televisão era a preto e branco e só existiam 2 canais). 
No final do projeto e tendo em conta dos conteúdos recolhidos, poderão ser realizadas exposições, encenações, documentários ou apresentação de livros.