on 22 de setembro de 2015

Realizou-se no passado dia 16 de setembro, na Casa das Coletividades, mais uma reunião da Rede Cultural de Vizela, com cerca de 20 instituições.
Os assuntos abordados foram:

. Dinamização da página do Facebook pelos membros da rede cultural, assumindo-a como a montra cultural do concelho. A criação de conteúdos pelas instituições, nomeadamente eventos, vai permitir a criação de uma agenda cultural online, facilmente acessível a qualquer pessoa que pretenda saber o que vai acontecer a nível cultural em Vizela.

- Arte Urbana Vizela 2016. A 2ª edição do projeto vai ser de continuidade, mantendo-se o conceito de pintura das caixas de eletricidade, e também de gás e televisão, alargando-se o âmbito às freguesias do concelho. Na 1ª edição do Arte Urbana Vizela foram 28 as associações participantes que com as suas pinturas prestaram um novo colorido às ruas da cidade. 

- Vizela em Festa 2016. A 3ª edição do Vizela em Festa vai acontecer a 1 de maio de 2016, no Parque das Termas, com a participação do tecido associativo vizelense. O interesse em ocupar os lugares de Comes & Bebes deverá ser comunicado à organização até 31 de dezembro.

- Cultura em Vizela: passado, presente e futuro. No passado, fruto das termas e das festas realizadas, Vizela foi pólo de atração turística e os seus eventos eram muito concorridos. Nos dias de hoje, apesar de se verificar uma oferta cultural diversificada, poucos são os eventos capazes de mobilizar grandes públicos.

Os grandes eventos culturais, capazes de mobilizar público de fora do concelho, funcionam como alavanca do turismo e revelam retorno ao nível económico, como vemos, por exemplo, nas Noites de Sexta-feira 13 em Montalegre. 

O futuro da cultura em Vizela, para além do que já se vem fazendo, deverá passar pela promoção de grandes eventos com génese em tradições locais, que funcionem como marca de identidade. 

Por último, a Rede Cultural de Vizela continua aberta à entrada de novos membros, bastando para isso informar a Fundação Jorge Antunes.