on 20 de janeiro de 2016


Exposição
Cumplicidades Sobre Um Corpo

BIBLIOTECA MUNICIPAL DE SANTO TIRSO
Até 26 março. Entrada livre.

A Biblioteca Municipal de Santo Tirso tem patente ao público até ao dia 26 de março Cumplicidades Sobre Um Corpo, exposiçãoevocativa da obra de Eugénio de Andrade na qual se desvendam cumplicidades várias entre a poesia do autor de Matéria Solar (1980)e as artes plásticas.
Inaugurada no dia 19 de janeiro – dia do nascimento do escritor, em 1923 - a exposição assume igualmente o carácter de homenagem, mais ainda porque corporizada por alguns dos seus amigos que, por ventura, terá amado «despido de ternura / fatigada (…)» como escreveu Eugénio de Andrade no poema «Os Amigos». José Rodrigues, Cabral Pinto, José Emídio, Avelino Leite, Isabel Machado Guimarães, Rosinhas, Emerenciano, Artur Moreira, Alberto Péssimo, Sousa Pereira, Evelina Oliveira, Graça Martins, Constança Araújo Amador, Pedro Sá e Cristina Valadas são os ‘cúmplices’ desta homenagem a Eugénio de Andrade e, em particular, às palavras que o autor nos deixou em herança; “palavras puras, límpidas, redondas, macias e até atrevidas”, como escreve António Oliveira, responsável pela organização desta exposição.
A visita à exposição Cumplicidades Sobre Um Corpo pode ser feita durante o horário de funcionamento da Biblioteca Municipal de Santo Tirso; de segunda a sexta das 9h00 às 19h00 e aos sábados das 14h00 às 18h00. A entrada é livre.