on 15 de janeiro de 2016


CENTRO HISTÓRICO DE GUIMARÃES REPLETO DE CRIANÇAS

Mais de mil Reis Magos cantaram as janeiras na cidade do Rei Fundador

Largo da Oliveira foi o palco de uma atuação coletiva, que reuniu 20 instituições vimaranenses ligadas à infância. “Vamos Cantar as Reisadas” destinou-se também às famílias.
1.300 crianças cantaram os Reis no Centro Histórico de Guimarães esta sexta-feira, 15 de janeiro, numa iniciativa promovida pela Câmara Municipal, em conjunto com os Jardins de Infância e os ATL do concelho. O encontro, preparado por uma dezena de instituições vimaranenses ligadas à infância, evocou tradições musicais ancestrais numa das praças mais emblemáticas de Guimarães.
O evento destinou-se ao público infantil mas também aos familiares das crianças. «Agradeço às instituições, aos professores e a todos os colaboradores que, de mãos dadas, organizaram uma iniciativa muito especial num local tão simbólico como é o Largo da Oliveira», referiu Domingos Bragança, Presidente da Câmara Municipal, que fez questão de assistir às atuações de todas as entidades participantes.
«As crianças são as autoras e as destinatárias de uma iniciativa repleta de afetos, que deu cor e alegria ao nosso Centro Histórico. Cuidar de crianças é salvaguardarmos o nosso futuro», considerou o responsável pelo Município de Guimarães, depois da interpretação coletiva protagonizada pelas duas dezenas de instituições que participaram na iniciativa “Vamos Cantar as Reisadas”, cuja imagem do cartaz deste ano foi elaborada pelas crianças do Patronato Nossa Senhora da Oliveira.



Instituições participantes: Casa do Povo de Creixomil, Casa do Povo de Fermentões, Centro de Solidariedade Social Cultura e Desporto de Somelos, Centro Paroquial de São Romão de Mesão Frio, Centro Social da Paróquia de Polvoreira, Centro Social e Paroquial Nossa Senhora da Conceição, Centro Social Padre Manuel Joaquim de Sousa, Centro Social Paroquial de Fermentões, Centro Social Paroquial São Dâmaso, Colégio do Ave, Colégio Nossa Senhora da Conceição, Fraterna, Grupo Desportivo e Recreativo “Os Amigos de Urgeses”, Infantário Nuno Simões, Lar de Santa Estefânia, Obra Social Sagrado Coração de Maria (Vila Pouca), Patronato de S. Sebastião, Patronato Nossa Senhora da Oliveira, S.A.R.C – Salgueiral e Venerável Ordem Terceira de S. Francisco.