on 16 de fevereiro de 2016


Foi lançado na passada quinta feira, em Santiago de Compostela, o II Prémio Literário Nortear para Jovens Escritores, cujas candidaturas já estão abertas e decorrem até ao próximo dia 15 Julho.
O anúncio da segunda edição decorreu durante a cerimónia de entrega dos prémios alusivos à primeira edição e que distinguiu, com o primeiro lugar, a obra ‘Clementina’, de Lara Dopazo Ruibal, e com uma menção honrosa, a obra ‘Coração cheio de nada’, da autoria de João Maria Cardoso.
Uma iniciativa promovida pela Consellería de Cultura, Educación Y Ordenación Universitaria (Espanha), pela Direção Regional de Cultura do Norte (Portugal) e pelo Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial Galiza-Norte de Portugal.
O Prémio Literário Nortear tem como objetivos distinguir, anualmente, obras literárias originais; promover o aparecimento de novos escritores, incentivando a produção de obras inéditas no domínio da ficção; incentivar a criatividade literária entre os jovens escritores residentes na Euroregião Galiza - Norte de Portugal e promover a circulação e distribuição de obras literárias além-fronteiras.
Podem candidatar-se ao Prémio Nortear todas as pessoas singulares com plena capacidade jurídica, residentes na Euroregião Norte de Portugal ou na Galiza, com idades compreendidas entre os 16 e os 36 anos. Devendo as obras, escritas nas línguas portuguesa e galega, no género de relato curto/conto, ser enviadas, por correio postal, para Agrupamento Europeu de Cooperação Territorial Galicia – Norte de Portugal.

Consulte aqui o regulamento da segunda edição do Prémio Literário Nortear.


"Premio 
1. 
O premio terá unha dotación económica de dous mil euros (1.000€ por parte da Secretaría Xeral de Cultura e 1.000€ por parte da Direção Regional de Cultura do Norte) para o/a vencedor/a. Esta cantidade estará suxeita á retención á conta dos impostos que correspondan. 
2. 
As entidades promotoras comprométense, ademais, a asumir o custo da publicación dun mínimo de 500 exemplares da obra premiada, en edición bilingüe, portugués e galego, con editoras no Norte de Portugal e/ou de Galicia.
3. 
Os promotores ademais realizarán accións de divulgación das obras premiadas, mediante actuacións de lanzamento programadas en equipamentos culturais de Galicia e do Norte de Portugal."