on 14 de março de 2016


MUNICÍPIO INAUGUROU EM RONFE O 50º ESPAÇO DE LEITURA
Guimarães é o segundo concelho do país com mais bibliotecas em escolas

No dia em que começou a Semana Nacional da Leitura, a Câmara de Guimarães juntou o quinquagésimo elo à Rede de Bibliotecas Escolares do concelho. Centro Escolar de Ronfe privilegia, também, componente audiovisual.

A inauguração da 50ª biblioteca escolar, esta segunda-feira, 14 de março, na vila de Ronfe, reforçou a posição de Guimarães como o segundo concelho do país com o maior número de bibliotecas em estabelecimentos de ensino. A abertura do mais recente espaço no Centro Escolar de Ronfe decorreu no início das comemorações da Semana Nacional da Leitura, onde as escolas são convidadas a criar momentos de reflexão em torno de questões atuais e determinantes, desenvolvendo elos de leitura.
Além de disponibilizar livros de todas as áreas de conhecimento, a nova biblioteca em Ronfe, integralmente equipada pela Autarquia, oferece uma sala de leitura formal, um espaço de leitura mais informal e uma zona multimédia com um quadro interativo de apoio às atividades de animação. «O livro é um amigo que nos ajuda à aquisição de novos conhecimentos! Ler é saber e saber é poder ajudar os outros», considerou o Presidente do Município. «Este espaço é vosso! Estimem-no, como se estivessem na vossa sala de estar», comparou Domingos Bragança.
Com mais de duas centenas de livros, o espólio da Biblioteca Escolar de Ronfe foi reforçado pela oferta de livros e de jogos didáticos que os alunos simbolicamente trouxeram de casa e que a Associação de Pais angariou numa campanha realizada junto de empresas da região. «O espaço está muito bonito, é dinâmico e tem boas condições para a aquisição de novos conhecimentos», referiu Adelina Paula Pinto, Vereadora com competências delegadas na área da Educação.

População estudantil de Ronfe

O Diretor do Agrupamento de Escolas Professor Abel Salazar enalteceu o «empenho da Câmara Municipal de Guimarães» em reforçar as condições de ensino num «trabalho contínuo, sistemático e persistente, tendo em vista o melhor desempenho de alunos, professores e assistentes operacionais», detalhou Silvério Silva. O acervo bibliográfico do Centro Escolar de Ronfe, composto por livros da área multimédia, periódicos, aventuras, contos, artes, generalidades, ciências sociais, naturais e aplicadas, serve 157 crianças do ensino básico e 18 do pré-escolar.
A criação da Rede de Bibliotecas Escolares do Concelho, assumida pelo Município de vital importância, complementa o trabalho realizado pela Biblioteca Municipal Raul Brandão. A Organização das Nações Unidas considera as bibliotecas escolares essenciais no programa educativo da escola, proporcionando o acesso aos livros e aos diferentes suportes de informação, melhorando a qualidade de vida das populações e fortalecendo hábitos quotidianos.