on 12 de abril de 2016


Requalificação no Parque das Hortas avança e estacionamento fica impossibilitado até final das obras

Antecipação do faseamento da empreitada na zona do parque de estacionamento das Hortas. Intervenção tem uma nova frente de trabalho e um incremento na progressão da obra. Trânsito no Campo da Feira fica condicionado a partir da próxima segunda-feira, 18 de abril.

As obras de requalificação que estão a decorrer no Parque das Hortas determinaram, a partir desta segunda-feira, 11 de abril, a proibição temporária de estacionamento em toda a sua área, até à conclusão da empreitada, prevista para o final de setembro, estando assegurado o acesso de veículos às garagens existentes na zona do largo. A Câmara Municipal de Guimarães iniciou uma nova fase na intervenção do Parque das Hortas e da sua área envolvente, que inclui os trabalhos de reperfilamento das ruas Dr. José Sampaio, Rei do Pegú e Padre Gaspar Roriz, além do arranjo urbanístico do Largo Conde Arnoso e da execução de dois novos arruamentos no centro da cidade.

Com a duração de sete meses, as obras no Parque das Hortas, que principiaram em fevereiro último, contemplam uma beneficiação urbanística e funcional, que engloba a substituição dos pavimentos existentes, a reorganização dos espaços para estacionamento, a plantação de árvores e a modelação de espaços verdes. O estacionamento nas Hortas esteve parcialmente limitado a cerca de metade da sua área para a execução dos trabalhos previstos no arruamento existente no local. Concluído esse trabalho, inicia-se agora a intervenção na área total do Parque das Hortas, ficando impossibilitado por completo o estacionamento neste parque até à conclusão da obra.

Via de circulação suprimida no Campo da Feira
Ainda no âmbito da empreitada de requalificação, entre 18 de abril e 21 de maio, será condicionado o trânsito no Largo República do Brasil, com a supressão de uma via de circulação do lado Nascente e do lado Poente do “Campo da Feira”, como também é conhecido. A partir do dia 02 de maio, com uma duração prevista de uma semana, será proibida a circulação no arruamento intermédio do Largo República do Brasil, face à Rua Padre Gaspar Roriz.

Nesta artéria, que liga o Campo da Feira à Igreja de São Francisco, a intervenção incluirá, mais tarde, a reformulação das redes de drenagem de águas pluviais, saneamento, eletricidade e telecomunicações, bem como a melhoria das condições de circulação pedonal. A requalificação do Largo Conde Arnoso, que também já começou, contempla a ampliação da superfície pedonal e a colocação de uma nova opção arbórea. O tanque público e a sua envolvente serão igualmente alvo de intervenções de melhoria, incluindo a substituição de parte da cobertura, limpeza geral dos granitos, execução de um caminho pedonal e requalificação paisagista da margem da Ribeira de Couros.

Um dos novos acessos que está a ser criado ligará a Rua Dr. José Sampaio ao Parque das Hortas e o outro fará a ligação do Parque das Hortas ao Largo Conde Arnoso, no Largo República do Brasil. Já o reperfilamento das ruas Dr. José Sampaio e Rei do Pegú inclui a colocação de árvores, a substituição da iluminação pública, o alargamento dos passeios e a substituição dos pavimentos existentes por pavimentos novos em cubo de granito na via e micro cubo de calcário nos passeios. Nestas ruas, decorrerão ainda trabalhos de reformulação da rede de drenagem de águas residuais, promovidos pela Vimágua.