on 10 de maio de 2016


Zangam-se as comadres, descobrem-se as verdades…

JUVENTUDE POPULAR DE VIZELA·SEGUNDA-FEIRA, 9 DE MAIO DE 2016
Artigo de Opinião

Estamos a um ano das eleições autárquicas e o Partido Socialista (PS) de Vizela, mostra bem – nas entrelinhas - o que sempre o motivou ao poder da Câmara Municipal de Vizela (CMV). Pois bem, o Presidente da CMV, Dinis Costa veio a público afirmar o seguinte: «É evidente que se retira a confiança política. Um vice-presidente a afrontar o presidente só lhe pode ser retirada a confiança política da Câmara. Está tomada a decisão. Estive à espera até agora, amanhã está tomada a posição» in RV Jornal. 
Contra factos não há argumentos - e no meio de tamanho despotismo puro e simples que se está atravessar no seio deste partido, numa quezília política pela manutenção do poder – existem já duas realidades distintas dentro do PS em Vizela, mas tudo me leva a crer que os anseios serão os mesmos, de ambas as partes… então há que resolver o assunto, e… como o fazer? Calando-se uma das partes! E aqui eu pergunto? Onde está a democracia, outrora invocada por pessoas deste partido? Onde está a ambição saudável dentro de um partido? Onde está a liberdade de expressão? Pois bem, ao que tudo indica, dentro deste partido isso não acontece, porque as pessoas não são livres de escolherem quem querem a representar o seu partido! 
Mas, desenganem-se os que acham que agora passaram a existir duas fações no PS… a dos bons da fita e a dos maus da fita, a dos gloriosos e a dos coitadinhos. NÃO! Existe só um PS em Vizela e, como dizem na gíria, “são todos farinha do mesmo saco”. 
Mais uma vez, e porque gosto de fundamentar muito bem aquilo que afirmo… continuei a ler acerca desta matéria nas redes sociais e… leio algo do género, de um militante do PS: «A Câmara de Vizela é Dinis, João e Dora! Fui barriga de aluguer para os pôr lá., sou culpado., assumo! Fui enganado e enganei o meu eleitorado., o meu pedido de desculpa! Com isto quero dizer assim como lá os pus vou fazer tudo por tudo para os tirar de lá para fora! Chama-se varrer a casa! Na hora certa lá estaremos NÓS! Aquele ABRAÇO... EM FRENTE Victor Hugo Salgado... FORÇA» in Digital de Vizela. 
Pois, para mim não se chama varrer a casa, chama-se falta de respeito por todos aqueles que votaram neste partido, falta de respeito por todos os Vizelenses, e nesse grupo eu me incluo, porque sou de Vizela desde sempre, e desde sempre volto a frisar foi este o partido que governou os nossos caminhos, foi este partido que apregoou e continua apregoar que “quer uma Vizela melhor para todos” quando em vez de fazer o seu trabalho, ocupa o seu tempo na conquista do “trono”. 
Ainda bem que admitem os erros, mas esses erros cometidos ao longo dos últimos 18 anos, ficaram caros nos bolsos dos Vizelenses. Nos meus bolsos, porque também pago o IMI elevado que o PS permitiu que existisse Vizela. Também pago a fatura da dívida que o PS trouxe para Vizela, cerca de 19 milhões de euros, não é coisa pouca! 
E agora acham que é com pedidos de desculpas que se resolve esta situação? Vizela merece muito mais do que isso! As desculpas não se pedem, evitam-se…. O Partido Socialista nada fez para evitar a entrada do PAEL em Vizela. Pior que isso, nada fez quando fomos considerados um dos Concelhos com maior nível de endividamento do País. Nada fez quando tivemos de recorrer ao FAM! 
Não tentem com discursos floreados, nem com romantismos políticos dar a volta aos Vizelenses… porque ou muito me engano, ou nas próximas autárquicas teremos esta “fação” a concorrer à CMV numa lista independente, que para mim não é mais que o “lobo vestido de cordeiro”, tomando de assalto novamente o Concelho de Vizela, em paralelo com a candidatura de Dinis Costa.
Não darei tréguas, nem baixarei os braços na defesa do meu Concelho, da minha Terra. Como disse no meu anterior artigo de opinião, publicado no RV Jornal, BASTA! Basta de falsas promessas! Basta de gente que não sabe o que é trabalhar em prol da causa pública! 
Eu só tenho uma palavra a dizer aos Vizelenses, por favor informem-se acerca da real situação do nosso Concelho, nunca se esqueçam que informação é PODER, e o que este Executivo (PS) teme, é que os Vizelenses saibam ler os números tão bem quanto eles…pois nesses números está descrito tudo o que foi feito por este Executivo até à data de hoje. Tudo o que levou Vizela à dívida de 19 milhões de euros. 
Como disse um dia Martin Luther King: “O que me preocupa não é o grito dos maus. É o silêncio dos bons”, este é o meu sentimento perante o silêncio de todos os Vizelenses ao longo destes anos! 

A Presidente da Juventude Popular de Vizela, 
Diana da Silva Fernandes