on 14 de junho de 2016




PROVA DESTINADA A CRIANÇAS
Vitória e Brito vencem Liga Mini de Futebol 2016

231 jogos realizados resultaram em 1.740 golos ao longo de quatro meses de prova. Campeonato de futebol destinado a crianças entre os 7 e os 9 anos teve, este ano, o dobro dos clubes inscritos (20), em comparação com a primeira edição realizada em 2010.

A equipa do “Vitória A”, cujos jogadores nasceram em 2009/2010, e a equipa A do Brito Sport Clube, nascidos em 2007/2008, conquistaram nas suas categorias a sétima edição da Liga Mini de Futebol, organizada pela cooperativa Tempo Livre em parceria com a Câmara Municipal de Guimarães, cujas finais decorreram no relvado do Estádio D. Afonso Henriques.

Com um novo recorde de participantes, 42 equipas de 20 clubes vimaranenses, mais duas equipas e mais quatro emblemas do que em 2015, o campeonato de futebol destinado a crianças do concelho de Guimarães, na categoria de jovens nascidos em 2009/2010, reconheceu Gustavo Oliveira (UCDR Guardizela) como melhor jogador, Martim Salvador (Desportivo Ronfe) como melhor guarda-redes, enquanto o Vitória A teve o melhor ataque e o Brito a melhor defesa. O Torcatense conquistou o Prémio Fair Play.

No escalão 2007/2008, o Brito, além de ter vencido nesta categoria, conquistou o título de melhor ataque e de melhor defesa do torneio. Ricardo Fernandes (SARC) foi eleito o melhor jogador e Afonso Mota (Taipas A) o melhor guarda-redes, enquanto o Águias Negras de Tabuadelo foi agraciado com o Prémio Fair Play. Estas cinco distinções foram apuradas através da votação dos elementos representantes dos clubes e da organização.

Mais de duas centenas de jogos

A Liga Mini de Futebol, que em 2016 contabilizou 231 jogos disputados tendo sido marcados 1.740 golos, tem uma periodicidade anual e destina-se a clubes e associações desportivas do concelho de Guimarães. Este ano, foram percorridos 400 quilómetros entre as dez instalações desportivas nas diferentes 13 jornadas. A competição ambiciona assumir-se como uma prova de referência para o público-alvo em questão, ser uma oportunidade de desenvolvimento das suas capacidades, uma “montra” de aprendizagem, convívio, respeito e de desenvolvimento humano.
A realização desta prova, que tem registado anualmente um crescente número de participantes, duplicando o número de inscrições num espaço de seis anos, pretende colmatar a ausência de competição nos escalões mais baixos dos clubes de futebol do concelho, além de contribuir para elevar o espírito de fair-play em jogadores com idade ainda muito jovem. A Liga Mini de Futebol, que teve início em fevereiro, decorreu ao longo de quatro meses, envolvendo cerca de 700 crianças nascidas entre 2007/2008 e 2009/2010.
A edição deste ano da Liga Mini de Futebol teve a participação das seguintes duas dezenas de clubes: ACD Ases Santa Eufémia, Águias Negras de Tabuadelo, ARC Pencelo, ARGUS Academia, Brito SC, CC Taipas, CD Ponte, Crescer Guimarães, Desportivo de Ronfe, GD Serzedelo, GD Unidos do Cano, UCDR Guardizela, MCV Azurém, Moreirense FC, Os Amigos de Urgeses, Os Sandinenses, Pevidém SC, SARC, Torcatense e Vitória SC. O ranking de títulos nesta prova é liderado pelo Sandinenses (4 troféus), seguindo-se o Vitória (3), Amigos de Urgeses e o Desportivo de Ronfe (2 títulos). Brito, Moreirense e Escola Fair Play conquistaram a Liga Mini por uma vez.