on 8 de julho de 2016


PROJETOS DE PROTEÇÃO ECOLÓGICA

Arosa e Castelões com novas áreas de lazer em espaços verdes

Câmara de Guimarães apresentou renovação de centralidades. Arranjo paisagístico ao longo do Rio Pequeno e acesso às lagoas e Parque dos 3 Moinhos entre as intervenções agendadas.
O Presidente do Município de Guimarães anunciou o início da realização de um conjunto de obras que vão valorizar os espaços verdes das freguesias de Arosa e Castelões, situadas a cerca de 20 quilómetros de distância do centro da cidade, na zona de fronteira entre o concelho de Guimarães e a Póvoa de Lanhoso.
Durante a décima edição do programa “Câmara Aberta”, que trimestralmente decorre em freguesias do concelho, Domingos Bragança destacou a realização do arranjo paisagístico ao longo do Rio Pequeno, a colocação de mobiliário urbano, a beneficiação de caminhos pedonais e do pavimento no campo de jogos com aplicação de relva sintética, bem como a construção de balneários de apoio.
Em Castelões, será melhorado o acesso às lagoas e Parque dos 3 Moinhos, com a sua reabilitação paisagística, instalação de mobiliário urbano ecológico e beneficiação das margens das charcas, possibilitando a utilização do espaço e dos espelhos de água. «Queremos criar condições de conforto para que possam ser usufruídas pela população local, assim como para visitantes», disse o Presidente do Município.

«Estas freguesias têm as mesmas acessibilidades e equipamentos que as restantes e agora vamos avançar para uma melhor fruição dos seus recursos naturais. Temos um potencial enorme, uma paisagem verde lindíssima e linhas de água bem tratadas que permitem o seu usufruto no verão. Vamos intervir para reabilitar e tratar da sua proteção ecológica», sintetizou Domingos Bragança.

Nos finais do século XIX, Arosa e Castelões estiveram sob alçada administrativa do concelho da Póvoa de Lanhoso durante três anos. A vontade dos cidadãos, porém, sempre foi voltar à jurisdição vimaranense, apesar da distância à sede do Município. «Há aqui um sentimento de pertença e uma grande identidade com Guimarães», considerou o Presidente da Autarquia.