on 31 de julho de 2016

XXXIII FESTIVAL INTERNACIONAL DE FOLCLORE FOI UM HINO AO FOLCLORE!...

A Direcção do Grupo Folclórico de Santa Eulália brindou a população do Vale do Vizela e, em particular, os Eulalenses com um festival de folclore de alto nível, mantendo assim uma tradição de longos anos e sempre com a preocupação de apresentar grupos de diversas regiões do País e tentar trazer, até cá, o melhor folclore que existe além fronteiras.
O espectáculo realizou-se no espaço multiusos, junto à Igreja Paroquial, passando pelo palco, além do Grupo Folclórico de Santa Eulália, os Grupos representantes da Nazaré, Termas de Carvalhal - Castro Daire, Canelas - V. N. de Gaia, Eslováquia e Brasil. Todos eles conquistaram a simpatia e aplausos do imenso público que enchia o recinto com um cenário de eleição, destacando-se a iluminação do Templo Paroquial e ruas adjacentes, a anunciar também as grandes Festas da Vila em homenagem à Padroeira Santa Eulália que se realizam no próximo fim-de-semana.
Na tribuna de honra estiveram presentes o Senhor Padre Lemos, Dr.ª Dora Gaspar (Vice-Presidente da C.M. de Vizela), Manuel Pedrosa (Presidente Da Junta de freguesia), Prof. Carlos Faria (Presidente do C. C. D. de Santa Eulália), acompanhado de sua gentil esposa, e outros representantes de Instituições e Colectividades locais e concelhias.
Um dos momentos importantes deste evento foi a homenagem prestada pela Direcção aos Ex-Elementos do Grupo que, por motivos de saúde e idade, tiveram de deixar o Grupo Folclórico. Foram eles, Francisco Mendes (Fundador do Grupo) e sua Esposa, e José Rocha e Esposa. José Rocha foi um vocalista de eleição, que colaborou no Grupo Moinhos Azuis (já Extinto), Amigos da Tulha e Grupo Folclórico. Infelizmente, um gravíssimo problema de saúde colocou-o numa cadeira de rodas. Os homenageados receberam a distinção e os imensos aplausos do público com alegria e muita emoção.
O Festival terminou com uma grande sessão de fogo-de-artifício que entusiasmou todos os presentes.
No final, o Presidente do Grupo, Manuel Monteiro, em conversa informal, disse sentir-se feliz e agradecido a todos os que o ajudaram a realizar este festival, não esqueceu os colegas da Direcção e elementos do grupo que foram de uma entrega e generosidade total. Evidenciou ainda a satisfação que todos sentiam em ver tanta gente presente, apesar de, na mesma altura, decorrerem as festas de Lustosa, Lousada e Gualterianas de Guimarães.


Santa Eulália, 31 de Agosto de 2016
Bento Gonçalves



Últimas fotos de João Faria