on 21 de julho de 2016

O site Plano Claro - Informação Online ultrapassou ontem a marca de um milhão de visualizações depois da publicação de mais de 6 mil notícias. Com a sua atividade a arrancar de forma mais estruturada desde janeiro de 2012, o Plano Claro foi conquistando admiração e seguidores ao trabalho positivista que aqui se tenta criar diariamente. A todos vocês, caros leitores, partilho este feito porque é um marco construído do lado de cá mas também desse lado. 
Este número redondo fez-me olhar para o arquivo, para a bagagem, para as histórias que aqui se foram criando e para a experiência profissional que tem sido útil à cidade.
Cedo foi escrito "Imortalizar espaços, histórias, pessoas e acrescentar mais uma intervenção crítica a este mundo digital são os grandes desígnios a que me proponho" e olhando para trás é difícil contar quantas histórias foram imortalizadas neste espaço. Desde a cultura, passando pelo social e pela política, ao desporto, ao associativismo e à história, de tudo um pouco se encontra no arquivo desde 2012. Os vídeos, os 167 vídeos, também ocuparam uma parte significativa até o material ter aguentado de tanto uso. Quem não se lembra da "revolução" informativa das filmagens das reuniões do executivo municipal e das Assembleias Municipais que tão útil foram para todos os envolvidos nas questões políticas. Nunca agradeceram esse trabalho gratuito mas também não é preciso. Foi um prazer assistir a mudanças de comportamento e de linguagem perante câmaras de filmar. Aqui, lançamos em primeira mão atletas, artistas e escritores. Daqui, saímos com enorme orgulho para um livro, "Laços de Amor Não Morrem". Nunca irão morrer estes laços aqui criados. Obrigado Francisco Correia mais uma vez. A "Hora da Poesia", da professora Conceição Lima, que tanto carinho aqui foi trabalhada e que por uma sagaz doidice foi interrompida, foram uma hélice de força ao mundo sensacionalista que vivemos. As coberturas dos trabalhos associativos e o renascer das novas associações locais nunca deixaram de merecer o mesmo destaque. As histórias e as recordarções dos tempos passados foram sempre trabalhadas de forma carinhosa e simbólica. O "Google" ficou enriquecido com tantas fotos publicadas.

Apesar do percurso não ter sido tão fácil e tão promissor como espera na altura da criação do Plano Claro, posso afirmar que estou satisfeito com o trabalho informativo e de assessoria que tem sido feito nos últimos anos.
As passagens pelo jornal universitário "O Informativo", "RVJornal", "Notícias de Vizela", "O Cónego" bem como os trabalhos de assessoria ao "CCD Santa Eulália", "FC Vilarinho", "Centro Social e Paroquial de S. Miguel", "Coração Azul", projetos de intercambios, escolas básicas e Agrupamentos, e atualmente o "Desportivo Jorge Antunes" fazem deste Plano Claro um sucesso de trabalho e um orgulho por estar enraizado na cidade. 

A todos, parabéns! 

Por aqui vamos continuar... e com mais gente a ajudar!

João Ferreira