on 5 de setembro de 2016


Em Moreira de Cónegos, será beneficiada a rua D. Laurinda Ferreira de Magalhães, que atravessa o centro da vila.


CONTINUA A REQUALIFICAÇÃO DA REDE VIÁRIA MUNICIPAL
Câmara beneficia estradas de Guimarães investindo mais dois milhões de euros nas freguesias

Requalificação de 28 arruamentos da rede viária municipal decorrerá até ao primeiro trimestre de 2017. Beneficiações contemplam 14 freguesias do concelho.
O Município de Guimarães, através do seu Departamento de Obras Municipais, inicia esta segunda-feira, 05 de setembro, um novo conjunto de intervenções rodoviárias que vão abranger vinte e oito pavimentos pertencentes a catorze freguesias do concelho, num investimento superior a dois milhões de euros. A empreitada, com um prazo de execução de 180 dias, estará concluída no início da primavera do próximo ano, mais precisamente no mês de março.
A beneficiação e reperfilamento dos arruamentos que fazem parte da rede viária municipal de Guimarães, adjudicada pelo valor de 2.054.959,65 euros, montante ao qual acresce a taxa de IVA em vigor, começará na vila de Ronfe, nas ruas da Gandra e da Lourinha, e na freguesia de Briteiros Santo Estêvão, nas ruas do Real e 24 de Junho e na Urbanização do Real, respetivamente, face ao grau de degradação em que se encontram.
A Autarquia vai melhorar igualmente o estado do piso da Estrada Municipal 585, no troço que abrange as freguesias de Longos, Sande São Lourenço e Caldelas. Também em Sande São Lourenço será realizada uma intervenção na rua Castro Sabroso e rua Espírito Santo, enquanto em Vermil será beneficiada a rua D. Afonso Henriques e a rua Conde Belmir. Em Figueiredo, a Câmara Municipal vai intervir na rua da Anta, rua do Outeiro e rua de Freitas e, na freguesia de Leitões, na rua da Insuela, rua da Devesa, rua de Barbarente e rua das Quintães.

Na vila de Lordelo, são igualmente quatro arruamentos objeto de melhoramento e de requalificação, mais precisamente na rua 1º de Maio, rua 1º de Dezembro, rua Paulo VI e rua da Renda. Em Moreira de Cónegos, será beneficiada a rua D. Laurinda Ferreira de Magalhães, que atravessa o centro da vila. Em Ponte, será efetuada uma reabilitação rodoviária na rua da Mãe D’Água, rua de Silvares e na rua da Casca. A Câmara de Guimarães vai ainda intervir na freguesia de Mesão Frio, na rua de S. Romão, e em Polvoreira, na rua de Nossa Senhora do Rosário e parte da rua de S. Pedro.

As intervenções traçadas visam, por um lado, estabelecer critérios de disciplina e de fluxo viário, com incontornável impacto ao nível da economia local, mas também contribuir para a melhoria da qualidade de vida da população. A intervenção no espaço público abarca muito mais do que a simples beneficiação das estruturas de pavimentos, concedendo outras condições e possibilidades de uso de meios de mobilidade alternativos, bem como de melhores acessibilidades a infraestruturas essenciais à vida em comunidade.