on 26 de outubro de 2016


Orçamento Municipal 2017

Equilibrado, justo e transparente, para promoção do desenvolvimento sustentável do concelho de Vizela, com redução de IMI em 10%.

Os Documentos Previsionais da Câmara Municipal de Vizela para 2017 têm como principal preocupação o futuro dos Vizelenses e do nosso Concelho.
Com rigor e realismo, pugnamos pela consolidação financeira do Município de Vizela, mas sem nunca descurar a necessidade contínua de desenvolvimento local e de resposta aos desafios que diariamente se colocam na gestão autárquica.
O Orçamento da Câmara Municipal de Vizela para 2017 permitirá assumir novos investimentos com base nas receitas certas, no cumprimento das regras previsionais e dos limites de endividamento.
O Orçamento mantém-se na casa dos 13 milhões de euros (13.681.806,40€), cumprindo todas as regras previsionais de cálculo das receitas arrecadadas.
O investimento cresce, centrando-se nas áreas da educação, qualidade de vida, urbanismo e requalificação urbana, destacando-se aqui a requalificação da Escola Secundária de Vizela, a construção de uma travessia sobre o Rio Vizela, que servirá os polos industriais de S. Paio, Tagilde, Sto Adrião e S. Miguel, a criação do transporte de proximidade, e a promoção de uma verdadeira política de coesão social. Este investimento ascenderá a cerca de 3,5 milhões de euros, parte dos quais financiados por fundos comunitários.

A Câmara Municipal de Vizela pretende em 2017 potenciar o desenvolvimento sustentável do Concelho, assente na reabilitação urbana e na melhoria da atratividade da cidade e das freguesias, através do investimento com fundos comunitários, conforme definido na proposta de Orçamento de Estado para 2017.
O rigor na gestão do dinheiro público, com contenção da despesa corrente, manutenção das transferências para as Juntas de Freguesia e apoio ao movimento associativo do Concelho, permite à Câmara Municipal de Vizela descer o IMI em 10% em 2017. Nova descida do IMI será efetuada no ano de 2018, de modo a promover a fixação de famílias no nosso Concelho e aliviar a despesa dos vizelenses com habitação própria.
A proposta de orçamento do Município do Vizela para o ano de 2017, que será discutida e votada pelo Executivo Municipal esta quinta-feira, dia 27, tem em conta os princípios de rigor e da prudência nos pressupostos, nomeadamente conservador na projeção da receita, de que é exemplo a projeção de cobrança de impostos, e de gestão transparente nas contas públicas.
O valor projetado da dívida de médio e longo prazo para o final de 2017, relativa a empréstimos, é de cerca de 13 milhões, diminuindo 3,6 milhões (21%) em relação a 2015.
O pagamento a tempo e horas aos fornecedores continuará a diminuir, situando-se neste momento o prazo médio de pagamento em 29 dias.
Vamos continuar a lutar pelo que achamos ser o caminho certo para o nosso Concelho. Por uma Vizela melhor!

O Presidente da Câmara Municipal de Vizela,
Dinis Manuel da Silva Costa
26 de outubro de 2016