on 6 de fevereiro de 2017

A atividade "Sábados na biblioteca" voltou a juntar várias crianças na Fundação Jorge Antunes com o conto "A grande fábrica das palavras". Num mundo tão próprio, os habitantes do livro A Grande Fábrica das Palavras para falar tinham de comprar palavras, engoli-las e só depois pronunciá-las. "No final da história imitamos estes estranhos habitantes e compramos as palavras que consideramos mais importantes. O Luís, embora pequeno, escreveu uma grande verdade. Concordamos contigo! No final e porque a história falava também de amor fomos fazer beijinhos de côco para oferecer às pessoas de quem mais gostamos" comentou a organização na página da rede social facebook.