on 22 de novembro de 2017
O Ministro do Ambiente João Matos Fernandes foi o convidado desta noite no programa "Grande Entrevista" da RTP conduzido pelo jornalista Vítor Gonçalves.
Na entrevista dedicada em grande parte à temática da água, onde se destaca a seca, a sua utilização e alguns dos problemas atuais, o Ministro voltou, por duas vezes, a referiu os trabalhos levados a cabo no Rio Vizela. Recorde ainda a passagem recentemente por Vizela.
Na entrevista desta noite, o Ministro destacou o trabalho que tem sido feito nas licenças de efluentes, "pela primeira vez este ano, há três meses, em Fafe, no rio Vizela, foi detido um empresário e isso nunca tinha acontecido em Portugal. Um empresário que estava a poluir indevidamente e esta é uma área que a consciencialização dos portugueses tem de evoluir bastante porque mesmo os tribunais acabam por valorizar muito outras razões que não sejam ambientais".
Ainda sobre esta temáticas e na necessidade de adoptar medidas, João Matos Fernandes referiu ainda que é preciso uma "campanha de educação e de comprometimento por parte dos sectores e industriais. Isso foi muito sensível no Tejo e foi muito sensível no Vizela. Naturalmente que o Vizela é um rio mais pequeno que o Tejo e por isso foi mais fácil de resolver. O plano do Vizela teve resultados muito mais rápido, há seis meses o rio Vizela era um rio poluído e no final do verão fizeram competições de canoagem". 
Apesar da imagem mais positiva do Vizela por parte do Ministro na entrevista, o Rio Vizela continua a não demonstrar todo o potencial reivindicado pela comunidade, tendo pontualmente descargas indevidas. 
Confira toda a entrevista desta noite.